Páginas

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

A Bunda do Ashton Kutcher

Ashton Kutcher naked

Rodrigo, do 'BBB 11', em ensaio nu


Rodrigo, do 'BBB 11', pelado em ensaio.

Para ver click aqui

Os Homens do BBB11

Cristiano, engenheiro, 33 anos, São Paulo


Daniel, administrador, 40 anos, Pernambuco


Diogo, coreógrafo, 24 anos, Bahia





Igor, Barman, 25 anos, São Paulo


Lucival, jornalista, 29 anos, Bahia.
O jornalista e participante do "Big Brother Brasil 11" Lucival França, de 29 anos, é casado... com um homem! O jornalista mantém um relacionamento homossexual estável em São Paulo, onde mora atualmente.

Os amigos de Lucival já estão na torcida: "Barbarizando no BBB... Estou acrílico", disse um dos amigos. "Lucii!!! Não tô acreditando!!!!! Parabéns!!! Geeente!! Vou ficar na torcida, viu??? Adoreei!!!", disse uma garota.


Mauricio, músico, 27 anos, Rio de Janeiro


Ariadna, cabeleireira, 26 anos, Rio de Janeiro


Rodrigo, administrador, 26 anos, Pernambuco


Rodrigão, modelo, 22 anos, Paraná

Marco Pigossi tirando a camisa

Guardas tiram a roupa do Reynaldo Gianecchini


Fred (Reynaldo Gianecchini) tentou de todas as formas escapar da polícia desde que Bete (Fernanda Montenegro) o denunciou por usar dinheiro roubado para comprar as ações da metalúrgica. O vilão roubou a própria mãe durante a fuga, mas só conseguiu mais dinheiro ao ameaçar Clara (Mariana Ximenes). Só que Fred, ao tentar sair do país com um passaporte falso, foi perseguido e finalmente acabou preso.

Ao chegar no presídio, o vilão anda algemado ao lado de outros presos. Logo em seguida Fred é fichado e precisa tirar a roupa para que o guarda penitenciário cumpra as normas de segurança do local e o reviste.

“Eu não vou tirar minha roupa, que história é essa?!”, protesta o vilão, indignado.

Fred, então, acaba sendo despido à força. Ele recebe o uniforme e é levado para uma cela superlotada. Arrasado, o vilão respira fundo ao se encontrar atrás das grades.

Fique ligado nos últimos capítulos de Passione! As cenas irão ao ar nesta quinta-feira, 06/01.

Fonte: Globo


Será que a Globo vai mostrar os guardas tirando toda a roupa do Reynaldo Gianecchini, ficando de cueca já tá bom não é? Se rolar, a cena entraria para os Anais da Tv Brasileira! rsss...

Trecho do documentário de Lady Gaga: One Sequin at a Time ( Legendado)

Cristiano Ronaldo só de shortinho e exibindo corpão na praia

Brasileiro Rodrigo Lopes que participou do Big Brother da Inglaterra exibe a bunda


Rodrigo Lopes tem 24 anos e foi um dos finalistas da décima edição do Big Brother Inglês. Rodrigo virou notícia no mundo todo ao se envolver com outro participante, Charlie.

Agora o brasileiro estampa a revista inglesa "Gay Times" ao lado de outros participantes de reality shows.

Abaixo está o making of do ensaio.

Personagens gays da TV e cinema brasileiro são entregues a atores héteros


Em entrevista publicada na edição da revista JUNIOR de número 11, o autor de novelas Gilberto Braga disparou: “ator gay com potencialidade de galã tem mais é que ficar discreto. Veja o caso do Rupert Everett. Excelente ator, bonitão. Desde que assumiu está sendo chamado para papéis de galã? Que eu saiba não está. Em televisão é pior ainda do que cinema, porque o espectador médio é mais conservador”. A declaração foi replicada por inúmeros sites e saiu até na revista Veja.

Vale lembrar que Gilberto Braga é gay, casado há 35 anos e não está longe de qualuqer tipo de preconceito. O que ele declarou nesta entrevista é um fato. A visão do jornalista norte-americano Ramin Setoodeh, da revista Newsweek, é parecida. E ele vai além. Em artigo publicado pelo semanário e também replicado pela mídia mundial, o colunista diz que na TV e no cinema, personagens gays são intepretados por atores notoriamente héteros, que cada vez mais apelam para esses papeis.

Setoodeh, que também é gay, acredita que os grandes estúdios tem evitado atores assumidos para papeis de homossexuais, que são destinados a atores heterossexuais.
"A situação é desfavorável para os gays", diz Setoodeh. No artigo o jornalista sugere que os estúdios temem que um ator gay possa desagradar o público e prejudicar as bilheterias. "Logo, atores héteros ganham os papeis de gays e o comentário geral é de como eles são corajosos", declarou ele. Os exemplos são muitos. "O Golpista do Ano" com Jim Carrey, Ewan McGregor e Rodrigo Santoro em papeis gays (todos héteros, como se sabe); “Brokeback Mountain” com Heath Ledger e Jake Gyllenhaal nos papeis principais; Sean Penn e James Franco em “Milk” etc.

No Brasil a realidade é a mesma. Na mais recente leva de filmes com personagens gays, galãs conhecidos (e casados) interpretam gays. Em “Como Esquecer”, Murilo Rosa vive um gay esteriotipado; no filme “Estamos Juntos”, com estréia prevista para setembro próximo, é Cauã Reymond quem interpreta um DJ homossexual. Em “Do Começo ao Fim”, os irmãos gays são intepretados por João Gabriel Vasconcelos e Rafael Cardoso. Até travestis são intrepretados por atores heterossexuais. Veja o caso de “Elvis e Madona”, com Igor Cotrin de peruca e salto alto vivendo a personagem título. Até Milhem Cortaz, um grande ator de aspecto rude e másculo foi elencando para o papel de uma travesti em “Se Nada Mais Der Certo”. E ele a fez tão perfeitamente que rouba a cena do filme. Na TV vale o mesmo: Julinho (André Arteche) e Osmar (Gustavo Leão) de Ti Ti Ti. Héteros assumidos.

Agora as expectativas giram em torno da nova novela de Gilberto Braga, “Insensato Coração”, com estréia marcada para o dia 17 na Rede Globo. Serão seis papeis de homossexuais, alguns já elencados. Rodrigo Andrade, Leonardo Miggiorim, Marcos Damingo, Wendel Bendelack, Edson Fieschi e Cristiana Oliveira. A gente não sabe se algum deles é gays. Mas temos certeza que pelo menos nenhum é assumido.

Fonte: Mix Brasil

Perguntando para Joe Jonas se ele é gay

Paparazzi perguntando para Joe Jonas se ele é gay e se tem um contrato de namoro com a namorada.

Ronaldo sem camisa na praia, alguém iria?

Transexual consegue mudar o nome no Brasil


Ela ganhou na Justiça o direito de mudar o próprio nome depois que fez uma cirurgia de mudança de sexo. Amanda já tinha assumido a sexualidade, mas nos documentos constava o nome masculino.