Páginas

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

BBB11: Diogo abaixa a cueca e mostra a bunda

Ricky Martin em ensaio sensual diz: 'Hoje vejo minha homossexualidade como um presente'

Ricky Martin voltou a falar sobre sua sexualidade, desta vez para o jornal espanhol "El País", para o qual fez também um ensaio sensual. "Hoje vejo minha homossexualidade como um presente. Me sinto abençoado por ser quem eu sou", disse o cantor.

Flávio Canto, namorado de Fiorella Mattheis, de sunga na praia

Versão completa de nova música de Jennifer Lopez

Foi divulgada nesta segunda-feira, 17, a versão completa da nova música de Jennifer Lopez, "On The Floor". A canção é uma versão da lambada "Chorando se foi" que ficou conhecida no Brasil pela banda Kaoma e foi originalmente gravada pelo grupo boliviano Kjarkas.


Ouça aqui "On The Floor"


O rapper PitBull faz participação na música que está no disco "Love?".

Tirando a roupa de Caio Castro

BBB11 - Cristiano sobre Ariadna : "“Se eu passasse a noite com a Ariadna tinha que jogar um vidro de perfume nas minhas partes íntimas”

No intervalo de 24 horas, entre sábado e domingo, a transexual Ariadna teve ao menos três conversas transparentes na casa sobre a sua principal ocupação profissional – a prostituição. Caso raro, a exposição de forma aberta desta situação foi, porém, minimizada pela edição do BBB, que resumiu a confissão da candidata a sete palavras ditas em poucos segundos: “Eu fui garota de programa. Pronto, falei”.

Ariadna ainda não revelou que se prostituiu como travesti, antes de fazer uma operação de mudança de sexo. Mas suas três conversas, captadas pelos espectadores do PPV, revelaram uma personagem com tinturas ainda não vistas no reality da Globo.

A Janaina, Paula e Jaqueline, contou: “Era estagiária quando conheci uma garota de programa e comecei nessa vida. Meu padrasto me tratava muito mal e quando minha mãe descobriu e falei que era p... Larguei tudo por um grande amor e morro de vergonha do meu passado."

Ainda nesta conversa, desabafou: “Vocês não sabem como é quando alguém te pergunta qual é a sua profissão. Você fica uns três segundos em silêncio e sente aquela tristeza por dentro.”

A Tatula, na mesma festa em que se abriu com as três amigas, disse: “Eu era garota de programa. Eu estava com muito medo de contar. É uma coisa que não quero mais na minha vida. Eu não queria contar nas primeiras semanas para não me prejudicar”, disse.

A terceira revelação ocorreu numa conversa com Rodrigo. “Como você começou a viajar para o mundo inteiro?”, ele perguntou. “Comecei pela Itália. Paguei R$ 48 mil a uma pessoa para me levar para lá”, contou. “Você foi trabalhar como cabeleireira?”, questionou ele. “Não, eu fui ser garota de programa mesmo. Tudo o que eu consegui foi fazendo programa, não tenho que me envergonhar de nada”.

Por que Mr. Edição suprimiu tudo isto? Boninho convocou uma transexual para o BBB, mas quer esconder do público como ela ganha a vida? A Globo está com medo do que o Ministério Público vai dizer desta personagem?

Também não ficou claro para quem assiste apenas a edição na tevê aberta as razões do engenheiro Cristiano ter indicado Ariadna ao paredão. Na madrugada de sábado, em conversa com Rodrigão, o líder disse: “Se eu passasse a noite com a Ariadna tinha que jogar um vidro de perfume nas minhas partes íntimas”.

Assunto este BBB11 tem. Só que a maioria do público, que acompanha o programa pela tevê aberta, não está assistindo.

Fonte: Uol

Evangélicos protestam contra decisão que permite a casais gays recorrerem à fertilização artificial

A resolução do Conselho Federal de Medicina (CFM), que estabeleceu novas regras para reprodução assistida, já começa a provocar a reação de setores mais conservadores da sociedade. Isso porque o órgão abriu a possibilidade para que casais homossexuais recorram aos métodos de fertilização em laboratório. Poucos dias após o anúncio, o presidente da Bancada Evangélica da Câmara, deputado João Campos (PSDB-GO), promete apresentar projeto para suspender a resolução e adianta que já estuda entrar com ação judicial contra a decisão.

Grupos de defesa dos direitos dos homossexuais, no entanto, se preparam para a batalha e prometem oposição aos evangélicos no Congresso, que sempre relutam em questões polêmicas, como o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Fonte: JB


Prioridades....Enquanto se discute isso, acontece isso:

Mãe de Arnold Schwarzenegger achava que ele era gay!

Arnold Schwarzenegger contou em entrevista à revista austríaca "Kronen Zeitung" que sua mãe acreditava que ele era gay, pela quantidade de fotografias de fisiculturistas que ele tinha penduradas nas paredes do quarto na adolescencia.

"A minha mãe ficava preocupada. Uma vez ela pediu ao nosso médico de família que falasse comigo para saber o que estava acontecendo", lembrou o ator e ex-governador do Estado da Califórnia. "Ela achava de verdade que eu era homossexual. Não é nada grave, mas para ela era algo inimaginável", afirmou.

Fonte: Quem