Páginas

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

O volumão na sunga do Dado Dolabella

Para que uma mala desse tamanho Dado? Vai viajar para onde?

É bem servido de bunda também!

BBB11: Finalmente algum volume na cueca do Rodrigão

Zac Efron tem algum volume na bermuda preta?

Abre o botão do Caio Castro ou abaixa a bermuda do Thiago Martins

STF vai decidir validade jurídica de união gay


BRASÍLIA - O Supremo Tribunal Federal (STF) vai decidir em fevereiro se as uniões homossexuais têm validade jurídica. O ministro Carlos Ayres Britto, relator da ação que propõe o reconhecimento desse tipo de união, disse que seu voto está em fase de conclusão. O voto será levado ao plenário e, dependendo da posição da maioria dos integrantes da Corte, homossexuais de todo o país poderão ter acesso aos direitos dos heterossexuais casados - como partilha dos bens em caso de separação, pensão por morte e dependência em planos de saúde. Em decisões recentes, o tribunal sinalizou ser favorável à causa.

" É um caso em que não tenho prognóstico. Quem sabe teremos uma bela surpresa? "

Tribunais e juízes de todo o país já reconheceram direitos de homossexuais. Também há sentenças negando esses direitos. A ação que será julgada foi proposta pelo governador do Rio, Sérgio Cabral, em fevereiro de 2008. Ele pede que o Supremo estenda o regime jurídico das uniões estáveis às uniões homoafetivas para funcionários públicos civis do estado. Com isso, os casais gays teriam os mesmos direitos dados aos heterossexuais na administração pública fluminense.

Com a posição do STF definida, haverá parâmetro para a atuação de todo o Judiciário.

- Se a tese for consagrada, pega todo mundo - explicou Ayres Britto.

Nos bastidores do Supremo, a aposta é que Ayres Britto seja favorável aos direitos dos homossexuais. E que a maioria dos ministros siga esse entendimento.

- É um caso em que não tenho prognóstico. Quem sabe teremos uma bela surpresa - disse Ayres Britto.

Recentemente, o STF mostrou-se simpático ao reconhecimento das uniões estáveis entre pessoas do mesmo sexo. Em decisão administrativa, foi autorizada a inclusão de parceiros homossexuais como dependentes no plano de saúde dos funcionários do tribunal.

A Advocacia-Geral da União (AGU) encaminhou parecer ao STF defendendo a posição do governo, favorável ao reconhecimento da união entre pessoas do mesmo sexo. No documento, a AGU lembra que a Constituição protege a dignidade da pessoa humana, a privacidade, a intimidade, e proíbe qualquer forma de discriminação.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) reconheceu, em 2004, a existência da família homoafetiva. O tribunal é formado por sete ministros, dos quais três também integram o STF. Por decisão unânime, o TSE proibiu a candidatura de uma mulher à prefeitura de Viseu, no Pará, porque ela mantinha relacionamento com a então prefeita - que tinha sido reeleita e estava no 2º mandato. O TSE estendeu aos homossexuais a proibição constitucional à perpetuação de grupos familiares no Executivo.

A Justiça Federal tem sido a mais ousada no reconhecimento dos direitos dos homossexuais. Também têm destaque as atuações da Justiça estadual do Rio Grande do Sul e a do Rio - de onde vieram as primeiras autorizações para adoção de crianças. A Justiça de São Paulo é uma das mais conservadoras.

Fonte: O Globo

Filho de Eike Batista, Thor Batista, malhando de camiseta e sunga

BBB11: Diogo confere se a calcinha tá bem nele

BBB11: Ariadna levou no rabo, foi eliminada do BBB!


Foi novidade ela ser eliminada não é? Não!

A sociedade brasileira é machista e preconceituosa, como já demonstrado na edição passada do BBB e os ataques na avenida paulista, ela é transexual e se prostituiu, preconceito em dobro!

E o que ela fez para mudar a imagem de que o GLS é promíscuo, só pensa em sexo e etc...? Nada!
Ela só ficou falando sobre sexo e agarrando os homens que não dava nenhuma bola para ela. Fora que ela não contou para ninguém que ela era trans, não quer contar? Tudo bem, mas fica na sua tbm! Vai agarrar um hétero na televisão, expor ele as piadinhas, sem ele saber que você é trans? Isso é certo? Além do que ela só foi para o paredão pq era mulher e já tinha um gay lá....

Ela deveria ter jogado não só com os que estavam lá dentro, mas também com toda a sociedade, ter se mostrado mais comportada, com mais moral, mostrado que é uma pessoa comum como qualquer outra sem uma sexualidade exarcebada que uma sociedade abomina. Nessa sociedade é assim, apenas o homem hetero que pode pegar todas que fica com fama de gostosão, se for gay é sem vergonha e se for mulher fica com fama de puta! Uma pena, mas é assim! Foi sendo mais discreto e ficando na dele que o gay Jean Wyllys ganhou o BBB, não adianta ser de outro modo pois quem vota é o povão de cabeça pequena.

Espero que o BBB ajude ela crescer profissionalmente e que ela não acabe um ano depois fazendo um filme pornô.

Lembrando que ela não tem culpa de suas atitudes, pois faltou estrutura familiar para dar apoio em todos os sentidos para ela, familia essa que tava toda lá na Globo torcendo! Curioso não?

E mais uma perguntinha que não quer calar! Pq o namorado dela não apareceu qd o Bial chamou? Parece que eles foram jurados de morte por uma torcida de um time...