Páginas

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Divulgada capa de novo single de Lady Gaga

Depois de divulgar a letra e adiantar o lançamento de "Born This Way" para a próxima sexta-feira, 11, a cantora divulgou através do site Perez Hilton a capa do single.

Marco Pigossi de cueca

Ator Omar Docena só de bermuda

Armando Babaioff vive homossexual em 'Ti-ti-ti': 'Sem problema com beijo gay'

Em "Ti-ti-ti", interpreta um surfista que, aos poucos, está se revelando homossexual. "Acho improvável que role um beijo gay na novela, até pelo horário. Mas se tivesse de fazer, eu faria. Se um ator tem esses pudores é melhor mudar de profissão", opina ele que assim que acabar a novela vai estrear no teatro em uma peça dirigida por Miguel Falabella, "A escola do escândalo". "Já estou ensaiando. O convite partiu do Miguel e não pude dizer não".

Fonte: Globo

Carmo Dalla Vecchia foi caminhar...

Lady Gaga leva porta na cara

Lady Gaga passou por uma tremenda saia justa ao tentar visitar seu antigo apartamento, em Nova York, com a equipe do programa de TV "60 Minutes". Ao chegar no local, a cantora, inesperadamente, deu de cara na porta após ter sua entrada barrada pelo novo proprietário.
"Oi, aqui é Lady Gaga. Eu só queria saber se posso dar um oi", disse a loira, recebendo a seguinte resposta. "Eu gostaria que não tivesse nenhuma câmera por aqui". Xiiiii...

Pedro Andrade fala a revista sobre namoro com ex-integrante do N'Sync

Há um ano apresentando o "Manhattan Conection", Pedro Andrade, 31 anos, ajudou a dobrar a audiência do programa. Ele é um dos destaques da Rolling Stone Brasil de fevereiro, onde fala sobre o começo de sua carreira como modelo, do namoro com um ex-integrante do N'Sync e da participação no Manhattan Conection.

Vida de modelo
Pedro foi descoberto aos 16 anos, quando usava óculos fundo de garrafa e moletom surrado, por um representante da agência de modelos Elite. “Ele me disse: ‘Você já pensou em ser modelo?’ Achei estranho. Pensei que, das duas, uma: ou era uma pegadinha do Faustão ou uma cantada. Jamais pensara que seria minha saída para conhecer o mundo”.Manhattan Connection

Nos Estados Unidos, trabalhou como guardador de volumes, bartender, DJ e carregador de gelo até entrar para a rede NBC, onde apresenta os programas On the Rock’s e 1st Look, este último exibido nos táxis amarelinhos de Nova York com dicas do que fazer na cidade. “Foi assim que eu fui parar no Manhattan. Em determinado dia, o Lucas (Mendes, apresentador do Manhattan Connection) me viu no avião, depois no táxi e, quando chegou em casa, o filho dele estava vendo meu programa. Ele pensou: mas quem é esse cara com sobrenome brasileiro que está em todos os lugares?”. Namoro com ex-N'Sync
Pedro já namorou o cantor Lance Bass, ex-integrante do N'Sync, e por isso foi parar na grande imprensa. “Hoje entendo que faz parte do meu trabalho. Agora, já ‘entubei’ cada coisa. Você vai jogar totó com alguém e a imprensa já diz que você está procurando apartamento para morar junto e pensando em adotar uma criança”, diz.

Fonte: Globo

Alexandre Slaviero de short



Thales (Armando Babaioff) revela a Julinho (André Arteche) que está apaixonado por ele


Julinho (André Arteche) pergunta para Thales (Armando Babaioff) onde há um ponto de táxi por perto, e o surfista aproveita para oferecer uma carona. "Sem segunda intenção...", avisa.

Sem graça, o cabelereiro diz que Thales não precisa tomar tanto cuidado e pede desculpa pelo último encontro entre eles.

O marido de Jaqueline afirma: "Eu reconheço que peguei meio pesado. Agora há pouco eu estava conversando sobre o medo de viver a vida... E foi isso... Eu acho que fiquei com medo... e me atrapalhei...".

Julinho fica sem entender, quando o surfista completa: "Eu estou apaixonado por você!". O cabelereiro fica atônito com a declaração e lembra que Thales é casado.

Cristina Mortágua 'justifica' agressão dizendo que filho é gay

Rio - A ex-modelo e empresária Cristina Mortágua, de 41 anos, foi presa ontem na 16º DP (Barra da Tijuca) acusada de agredir o filho, de 16 — fruto de relacionamento com o ex-jogador Edmundo —, uma empregada e até uma delegada.

A confusão começou por volta das 12h30. O filho da empresária foi à delegacia acompanhado de uma empregada para fazer uma denúncia de agressão contra a mãe. Pouco depois, a ex-modelo chegou ao local e tentou bater no adolescente. Contida por policiais, ela foi levada para o lado de fora, onde tentou se atirar na frente de carros que passavam pela rua.

Descontrolada, Cristina retornou para dentro da delegacia, onde passou a xingar os policiais. A delegada substituta, Daniela Rebelo, tentou intervir e levou um chute na barriga e teve um brinco arrancado. Imediatamente, a ex-modelo recebeu voz de prisão.

DESEQUILÍBRIO

Levada para o Hospital Lourenço Jorge, ela seguiu até o Instituto Médico-Legal para passar por exames toxicológico e de corpo de delito. Na saída da delegacia, Cristina ‘justificou’ as agressões dizendo que o filho é gay e acrescentou. “Ele foge de casa para se drogar. Como mãe, tento ver o melhor para ele”.

Após autuar Cristina por desacato, injúria, lesão corporal e resistência a prisão, o delegado Rafael Willis, titular da 16ª DP, estipulou a fiança em R$ 6 mil. De acordo com o policial, a ex-modelo apresentava sinais de desequilíbrio emocional. “Ela estava completamente fora do juízo de uma pessoa normal. Não falava coisa com coisa. Onde já se viu, dentro de uma delegacia, xingar e partir pra cima de um policial? Ela pode ser condenada a cinco anos de prisão”, afirmou.

No hospital, Cristina voltou a criar confusão, ao xingar médicos e funcionários. Depois, chegando ao IML, recusou-se a ceder sangue e urina para testes e passou só por exame visual.

O filho da ex-modelo entregou aos policiais sacola com caixas de remédios de uso controlado. Segundo ele, a mãe estaria fazendo uso abusivo da medicação. Na bolsa de Cristina, os policiais também encontraram remédios. À noite, a avó materna do adolescente foi chamada pelo Conselho Tutelar para ficar com ele.

Fonte: Jornal O Dia

Governo lança disque denúncia de homofobia este mês


A ministra da Secretaria Especial dos Direitos Humanos, Maria do Rosário, vai à São Paulo no próximo dia 19, para lançar, na Avenida Paulista, a ampliação do Disque 100 também para a população LGBT.

O lançamento deve acontecer durante um ato contra a homofobia também na Avenida Paulista, palco de vários ataques homofóbicos recentes.

O Disque 100 é um serviço telefônico que recebe denúncias e antes atendia crianças e adolescentes. Desde o começo deste ano, o serviço passou a receber também denúncias de homossexuais vítimas de homofobia - e de idosos e portadores de deficiência também.

Fonte: Uol

Tem brasileiro em lista dos gays mais cobiçados da Out

A revista "Out" está promovendo uma votação ótima para quem quer desencalhar. Em seu site a publicação lista os 100 solteiros assumidos mais cobiçados do showbusiness para que os internautas votem em seus prediletos. A relação é bem variada e conta com gente das mais diversas áreas.

Dos esportes, por exemplo, tem Gareth Thomas, britânico jogador de rúgbi cuja vida virou roteiro de filme após a saída do armário. Ainda entre os atletas quem também é citado é Johnny Weir. O patinador causou em uma competicão ao apresentar uma coreografia ao som de "Poker Face", de Lady Gaga.

As artes dramáticas também estão representadas na lista dos solteiros. Quem aparece é Chris Colfer, o Kurt de "Glee"; além de TR Knight e Luke Macfarlane. François Sagat, astro do pornô internacional, também entra, assim como Colton Ford.

Entre os astros da música estão Lance Bass, Clay Aiken e Jay Brannan. Toda democrática, a lista não deixa de fora drag queens icônicas, como Lady Bunny e RuPaul. O guru da moda Marc Jacobs é outro solteiro cobiçado, assim como seu ex-marido, o brasileiro Lorenzo Martone.

Fonte: Uol