Páginas

sexta-feira, 25 de março de 2011

BBB 11: Ex-BBB Rodrigão tá peladão, nu, sem roupa!



Bastidores do Rodrigão para o Paparazzo

Ativista de movimento gay diz ter sido agredido por skinheads e policia dificulta o registo do Boletim de Ocorrência.


Mais um ataque a um gay foi registrado na região da Rua Augusta na madrugada de terça-feira (23). Ativista do movimento LGBT e militante político, o professor e estudante Guilherme Rodrigues, de 23 anos, foi agredido por quatro rapazes em um posto de combustível na esquina da Augusta com a Rua Peixoto Gomide, na região da AVenida Paulista, em São Paulo. Dois dos agressores, segundo Rodrigues, pelas características, seriam integrantes do grupo skinheads, conhecido pela intolerância.

“Eu vi que eles iriam agredir um casal homossexual e parei para ver o que iria acontecer. Não falei nada e nem tive qualquer reação. Eles me viram e vieram na minha direção. Me deram cabeçadas, me agrediram. Só pararam quando os funcionários do posto interferiram”, relatou o estudante.

Segundo ele, os quatro rapazes continuaram o ameaçando mesmo depois que um carro da polícia parou para conter as agressões. Guilherme disse que relatou a uma policial militar o ocorrido e manifestou a sua intenção de fazer um boletim de ocorrência. A reação da policial o surpreendeu. “Ela tentou me dissuadir de fazer o boletim. Ela disse que depois que fôssemos liberados, eu e os quatro que me agrediram, seria cada um por si”, contou.

No 4º DP, na Consolação, região central de São Paulo, a mesma policial, de acordo com Rodrigues, afirmou aos funcionários do plantão que os quatro agressores também iriam registrar um boletim de ocorrência. “Ela disse que eu dei em cima deles e que eles também teriam direito de fazer um boletim. Só mudaram de ideia quando um funcionário do posto testemunhou a meu favor”, disse. Os quatro rapazes foram indiciados por injúria, ameaça e lesão corporal.

Rodrigues, no entanto, quer que o caso seja investigado pela Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil. O objetivo é tratar a agressão que sofreu como um caso de delito de intolerância contra homossexuais. Além disso, o movimento LGBT programou um ato para as 14h de segunda-feira (28) em frente ao 4º DP para entregar o laudo do Instituto Médico Legal (IML) do exame de corpo de delito ao qual se submeteu.

Como ativista do movimento gay, Rodrigues vê o medo tomar conta da região da Rua Augusta. “Há um mês participei de um protesto contra a violência que os homossexuais vêm sofrendo na região. E agora eu fui vítima desta mesma violência. Moro ali perto e agora tive de sair da minha casa e ir morar com um amigo. E eu que fui o agredido”, disse.

Outros casos
No dia 14 de novembro de 2010, quatro menores de 18 anos e um maior de idade agrediram pedestres na Avenida Paulista. Eles chegaram, inclusive, a desferir golpes com lâmpadas fluorescentes em uma das cinco vítimas do grupo. Para a polícia, a motivação dos ataques foi homofobia. No dia 4 de dezembro, o operador de telemarketing Gilberto Tranquilini da Silva e um colega dele, ambos de 28 anos, foram vítimas de uma agressão nas proximidades da Estação Brigadeiro do Metrô, também na Avenida Paulista. Eles disseram à polícia que o ataque foi motivado por homofobia.

No dia 25 de janeiro deste ano, um estudante de 27 anos afirmou que ele e um amigo foram vítimas de um ataque homofóbico na Rua Peixoto Gomide, quase na esquina com a Rua Frei Caneca, quando levou uma garrafada no olho direito.

Fonte: G1



Se fossemos pagar com a mesma moeda, teriamos que dar uma de Anna...


Talvez isso acontece pq somos da Paz. Always!

Homossexualidade, Necrofilia e Zoofilia é tudo a mesma coisa

A procuradora da República em Brasília Ana Carolina Araújo Roman investiga se Silas Malafaia, pastor da Assembleia de Deus, teve conduta homofóbica em uma audiência pública na Câmara dos Deputados na qual se discutiu o chamado Estatuto das Famílias.

O encontro, realizado em maio passado, foi marcado para discutir mudanças no direito de família. Malafaia fez um discurso contrário à união homoafetiva. Até aí,nenhuma surpresa em relação às posições conservadoras defendidas pelos evangélicos em geral.

Mas Malafaia foi mais fundo. Exagerou. Pegou pesado. Na sessão, o pastor chegou a dizer que se fosse para concordar com a união gay, então que se liberasse a zoofilia e a necrofilia.

No início de fevereiro, Ana Carolina converteu uma investigação preliminar sobre o caso em inquérito por entender que era necessário continuar com as apurações.

O que Malafaia disse na audiência da Câmara:

– Vamos liberar tudo que tem na sociedade. Vamos colocar na lei tudo que se imaginar. Quem tem relação com cachorro, vamos botar na lei, porque tem gente que gosta de ter relação com cachorro. Eu vou apelar aqui, mas tem que dizer, é um comportamento, ué. Vamos aceitar?

– Quem tem relação com cadáver? É um comportamento, vou botar na lei. Ah, se é um comportamento, ué, estão espantados, vão discriminar, ué? É a favor de quê? Então vamos colocar tudo na lei e onde é que vai parar a sociedade brasileira?




Fonte: Veja


Tem gente que não sabe até onde vai o limite de liberdade de expressão com preconceito, ignorância e ofensa...

Katy Perry tá uma coisa de outro Mundo


Katy Perry trocou os pirulitos e doces pelos extraterrestres. A cantora se caracterizou de alienígena para seu novo videoclipe "E.T." com direito a lábios roxos, lentes azuis e penteados à la princesa Amidala de "Star Wars". Além das fotos, Katy escreveu no seu Facebook: "Começa a abdução global". Kanye West também estrela o vídeo, que será lançado na semana que vem.

Lady Gaga no bate cabelo em Las Vegas

Que bundão que ela tá, antes era magraaa
Lady Gaga colocou o bumbum de fora e fez uma performance surpresa no "Planet Hollywood", em Las Vegas, nesta quinta-feira, 24. Os fãs ficaram enlouquecidos com a performance de Gaga e fizeram de tudo para tocar na cantora.

Jogador Robinho exibe barriga tanquinho

Lady Gaga divulga nova versão de ‘Born this way’



Na madrugada desta sexta-feira, 25, Lady Gaga divulgou no Twitter uma nova versão da música “Born this way”. A versão intitulada ‘The country road’ foi produzida pela cantora e por Fernando.



Fonte: Globo

Diretor manda Jonatas Faro parar de emagrecer



Jonatas Faro está tão magrinho que chamou a atenção e acabou levando bronca, tadinho.

Denis Carvalho, diretor de Insensato Coração, deu um puxão de orelha no marido de Danielle Winits.

Disse que é para o ator parar de emagrecer.

Jonatas fez questão de ficar mais magro para parecer mais novo na novela.

Mas não agradou.

Fonte: Fabiola Reipert

Cai na rede a lista das faixas do novo cd de Lady Gaga



Faixas do cd:

1 - Born this Way

2 - Hair

3 - Judas

4 - Edge of Glory

5 - One

6 - Americano

7 - Bad Kids

8 - Government Hooker

9 - Justice

10 - Scheibe

11 - Strangers

12 - Unfathomable

13 - You & I

14 - Marry the night