Páginas

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Video: Malvino Salvador pelado na praia


Foi rápido. Coisa de alguns segundos. Mas foi o suficiente para a ala mais conservadora da Globo chiar. A aparição relâmpago das nádegas de Malvino Salvador em "Fina Estampa" (Globo) no capítulo de segunda-feira (19) gerou reclamações na emissora.

Alguns diretores acharam a cena, que incluia um banho de mar do personagem (como veio ao mundo), totalmente desnecessária e apelativa para o horário.

Apesar de distante, impossível não notar que o ator estava realmente pelado no mar. A chiadeira já chegou ao diretor da novela, Wolf Maya, que se fez de desentendido. Pelo menos, por enquanto.

O peladão não alterou em nada a audiência da novela, que marcou 39 pontos de média na data. Cada ponto equivale a 58 mil domicílios da Grande SP.

A Globo deve começar a policiar mais a edição dos capítulos.

Mesmo assim, o autor Aguinaldo Silva não vai parar por aí. Outras cenas picantes estão previstas em "Fina Estampa". Entre elas, um banho de mangueira dos personagens Quinzé (Malvino) e Dagmar (Cris Vianna) juntinhos.


Fonte: Folha

Video: Dudu Azevedo de cueca na cama

Video: Rafael Nadal de cueca para Armani



Domingos Montagner, o cangaceiro Herculano , se exercitando sem camisa na praia

Leonardo DiCaprio e Armie Hammer fazendo um casal gay

"J. Edgar", conta a história do misterioso diretor do FBI, J. Edgar Hoover, interpretado por Leonardo Dicaprio, que mantinha uma relação homossexual com seu colega de profissão, Clyde Tolson, vivido pelo ator Armie Hammer.

Dirigido por Clint Eastwood, o longa esmiúça a vida Hoover que permaneceu por 48 anos no cargo de diretor do FBI e nunca assumiu publicamente seu romance com Tolson. Hoover era conhecido por intimidar aqueles que ousavam questionar sua orientação sexual. Ele e seu colega de profissão viajavam juntos de férias e eram vistos frequentemente em restaurantes. Quando morreu, Hoover deixou seu patrimônio como herança para Tolson.

"J. Edgar" tem estreia prevista para 2012.

Ashton Kutcher Naked / Nude on Two and a Half Men

Ashton Kutcher apareceu completamente nu no primeiro episódio de 'Two and a Half Men' da nova temporada, exibido nesta segunda-feira, 19. Na cena, o ator aparece sem roupas na sala de estar.

Filho de Mafioso e Jogador de Futebol, abraçados e de sunga em iate

Tirar uma foto ao lado de um amigo não tem nada de estranho. No caso de Fabrizio Miccoli, porém, uma imagem lhe causou dor de cabeça. O atacante do Palermo foi fotografado junto com Mauro Lauricella em um passeio de iate.

Bom, vocês devem se perguntar o que há de polêmico nisso. A resposta é simples: Mauro é filho de Nino Lauricella, um dos chefões da máfia siciliana.

Para se ter uma ideia de como Mauro tem uma imagem, digamos, nada positiva, ele é conhecido como o “rei da extorsão”. Miccoli recebeu diversas críticas por sua amizade com o filho do capo, que o trata como um irmão.

Mauro fez questão de defender o amigo. “Ele não conhece meu pai nem seu modo de vida”, disse.

Maurizio Zamparini, presidente do Palermo, não vê problemas nos laços fraternais entre o atacante e Mauro, classificando a polêmica como “bobagem”.

O filme do poderoso chefão poderia ser bem mais interessante hein! rss...

Bissexuais reclamam que são discriminados por héteros e gays

Em tempos de discussão sobre orgulho gay e orgulho hétero, 3% da população brasileira diz sofrer preconceito de ambos os lados.

São os bissexuais --mais de 5 milhões no país, segundo pesquisa Datafolha de 2009. Na próxima sexta, dia 23, eles vão comemorar o Dia do Orgulho Bissexual.Um deles é Fábio*, 17. "Sinto atração pela beleza dos dois", diz. "As mulheres são mais meigas e suaves, já os homens têm pegada forte, são mais rústicos."

Como ele, a estudante de ciências sociais Maraiza Adami, 23, também é bi. Ela reclama: "Os héteros acham que ser bi é transitório ou promíscuo. Já os gays, principalmente dentro do movimento LGBT, acham quase uma agressão você ficar com alguém do sexo oposto."

Especialistas em sexualidade tentam entender as razões do duplo preconceito. O psiquiatra Alexandre Saadeh, especialista em identidade sexual do Hospital das Clínicas, lembra que é muito comum que a bissexualidade seja vista como uma fase anterior à confirmação da homossexualidade.

Esse mito incomoda tanto Ilana Falci, 21, de Belo Horizonte, que ela quer editar um vídeo com vários bissexuais dando o seu depoimento. "O bi não é uma pessoa em dúvida", diz ela. "Não precisa decidir se gosta mais de homens ou de mulheres."

O projeto de Ilana se chama "Sou Visível". É possível encontrar mais informação sobre ele em bisides.com.

Esse site foi criado por outra bissexual, a estudante de secretariado executivo Daniela Furtado, 24. Um dos seus objetivos é utilizar a página para discutir como lutar contra o que ela chama de "bifobia".

Os participantes do site reclamam que, apesar da sigla LGBT incluir os bissexuais, gays e lésbicas "negam lugar" a eles no movimento. "Eles se sentem no direito de nos olhar com desconfiança", diz um dos textos. "Então eu pergunto: o que gays e lésbicas propõem que nós façamos quando o sexo de quem amamos é diferente do nosso?"

Daniela já namorou tanto meninas quanto meninos. Atualmente, está há três anos com Danilo Milhiorança, 25, que é heterossexual.

"Ela foi muito honesta comigo e sempre me fez sentir seguro, então está tudo certo", diz o rapaz.

Entre os bissexuais famosos, estão os cantores David Bowie e Lady Gaga, o vocalista do Green Day, Billie Joe Armstrong, e as atrizes Megan Fox e Angelina Jolie.
ALGO CURIOSO

Nem todo mundo, porém, é tão convicto da sua bissexualidade quanto esses famosos. E não há nada de errado nisso, diz Maria Helena Vilela, educadora sexual e diretora do instituto Kaplan, que faz estudos sobre sexualidade.

Na adolescência, afirma, é comum a confusão entre admiração e tesão. Muitos jovens, então, acabam tendo experiências com o mesmo sexo, com amigos, por exemplo.

Mas isso não necessariamente os faz homo ou bissexuais, já que a identidade só é completamente estabelecida na fase adulta.

"Os adolescentes têm hormônios saindo pelos ouvidos e maior disponibilidade para o sexo, então é mais complicado separar a curiosidade", explica Saadeh.

Lúcia*, 18, por exemplo, só transou com garotos, mas, desde o começo do ano, tem experimentado ficar com algumas amigas. "Nunca tinha cruzado minha mente a ideia de ficar com meninas, mas rolou um dia e eu gostei, então estou vendo o que realmente quero", diz.

Fonte: Folha