Páginas

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Joey Lawrence sem camisa, malhando no parque !

Lembra do Joey?Ohhhwww!!!
O tempo passou.......
Faria ainda?

Oi, tá boa?

Não passou cheque, mas tentou pagar Travesti com Cheque e foi agredido

Um travesti agrediu um homem com socos e chutes em Novo Hamburgo, na região metropolitana de Porto Alegre (RS). O motivo da violência, que foi filmada por uma câmera de celular, teria sido porque o homem teria feito um “programa” com o travesti e depois pagado com cheque.



Após o pagamento, o travesti teria se irritado e começou a atacar o cliente. Ele pegou as chaves do carro do homem e o deixou apenas de cueca deitado no meio da rua. Para piorar, pouco tempo depois aparece outro homem e também bate no cliente.

Cuida do cachorrinho ou coloca o Microfone no Trevor Donovan ?

Ex-BBB Serginho se transforma em Paris Hilton. Ficou igualzinho...

Serginho se transformou na socialite americana Paris Hilton. Para a caracterização, o ex-BBB usou uma peruca loura e um figurino idêntico ao da patricinha no clipe que ela gravou durante as eleições nos EUA, em 2008. O resultado vai ao nesta sexta-feira no "TV fama".



Ao ver as fotos, Leda correu para mostrar e contar tudo para Paola Bracho!

Blake Griffin, jogador de basquete, tá sem roupa

Suspeito de bater em gays em SP diz ter sido vítima de 'ataque heterofóbico'


Um dos dois universitários suspeitos de agredir um casal gay em São Paulo no dia 1º, Daniel Barbosa, de 26 anos, disse nesta segunda-feira (17) que está sendo "injustiçado". “Estou me sentindo injustiçado, não tenho e nunca tive preconceito e nada contra homossexuais. Na verdade eu é que fui vítima de um ataque heterofóbico.” A agressão aconteceu de madrugada na região da Avenida Paulista, após o casal gay sair de uma casa noturna onde havia discutido com os agressores.

Barbosa é o rapaz que teve seu rosto flagrado por uma câmera de segurança de um posto de combustíveis. Ele conversou com o G1 por e-mail, respondendo a perguntas feitas pela reportagem. As respostas foram encaminhadas nesta tarde por seu advogado, Walter Macario Filho.

“Sou muito calmo, sou surfista, moro na praia, paz e amor, gosto da natureza, tanto que não tenho nenhum histórico de briga antes, nunca briguei na vida”, escreveu Barbosa, ao ser indagado se era violento.

De acordo com o defensor do estudante de gastronomia, ele deverá prestar depoimento à Polícia Civil durante esta tarde.

Barbosa e seu amigo, um outro universitário de 25 anos que não teve o nome divulgado, foram identificados no dia 7 pela Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) a partir da lista de clientes que estavam no Sonique Bar. Eles são investigados por suspeita de lesão corporal motivada por homofobia contra o analista fiscal Marcos Paulo Villa, de 32 anos, e o seu namorado, um coordenador financeiro de 30 anos, que não quis dar o nome.

"Você é hominho de m... seu c... não pega mulher!"; nesta hora, eu perdi o controle emocional e desferi um tapa na nunca, só tive treta com esse tal de Marcos Villa. Ainda gritaram: "Ô playboy filho da p..., nós somos os donos da rua, a gente é quem manda aqui!", respondeu Barbosa no e-mail, ao ser questionado como se sentia ao ser suspeito de homofobia. O G1 suprimiu os palavrões escritos na resposta do estudante.

A equipe de reportagem não conseguiu localizar o casal gay para comentar as declarações de Barbosa. Na semana passada, Villa reconheceu as fotos do aluno de gastronomia e de seu colega como os homens que agrediram ele e seu namorado.

Segundo a polícia, a briga ocorreu após uma desavença por causa de duas mulheres que estavam com os gays no bar. Elas foram paqueradas pelos estudantes, mas não corresponderam. Ao deixar o local, as vítimas disseram que foram ofendidas pelos suspeitos por palavras homofóbicas num posto de combustíveis. “Falaram que os gays tinham que morrer”, disse Villa. Em seguida, ocorreram as agressões, após Villa ter dito que os suspeitos poderiam ter filhos gays. Câmeras de segurança gravaram a discussão, mas não a briga.

Villa teve escoriações na nuca e seu namorado fraturou a perna direita e teve traumatismo craniano. As vítimas disseram à polícia que Barbosa foi quem quebrou a perna do coordenador.

'Não sou homofóbico'

No dia 10, o amigo de Barbosa negou as acusações de ataque homofóbico em entrevista ao G1. Sob a condição de não revelar seu nome, o estudante disse: “Não sou homofóbico, tenho amigos homossexuais”. Ele ainda disse que só soube pela TV que as supostas vítimas eram gays. Também disse que uma das garotas havia beijado o coordenador na boca e negou que tenham quebrado a perna dele. “Caiu sozinho e infelizmente quebrou a perna.” As mesmas declarações foram ditas em seu depoimento à polícia na sexta-feira.

A polícia não irá pedir a prisão dos suspeitos. Leia abaixo a entrevista de Barbosa ao G1.


G1 - Como você tem se sentido após o casal gay acusar você e seu amigo de ataque homofóbico?

Daniel Barbosa - Estou me sentindo injustiçado, não tenho e nunca tive preconceito e nada contra homossexuais, inclusive frequento lugares e baladas GLS, como aquela que frequentava no dia dos fatos. Tenho amigos homossexuais e minha mãe também tem amigos gays que frequentam a minha casa, na verdade eu é que fui vítima de ataque heterofóbico. Preconceituoso e intolerante é o "careca". Ele é que me ofendeu com palavras: "você é hominho de m.... seu c....não pega mulher!"; nesta hora, eu perdi o controle emocional e desferi um tapa na nunca, só tive treta com esse tal de Marcos Villa. Ainda, gritaram: "Ô playboy filho da p..., nós somos os donos da rua, a gente é quem manda aqui!"


G1 - Como está sua vida pessoal e profissional? Tem saído de casa?

Barbosa - Está totalmente descontrolada, pois trabalho com restaurantes na cozinha, eventos freelancers. Moro em Santa Catarina e preciso voltar pra lá, para trabalhar e estou tendo que ficar em casa para resolver esse caso, saio de casa pouco. Minha família está muito mal com a falsa acusação; estou dando força para eles e eles a mim.


G1 - Como você recebe esta acusação? O que realmente aconteceu?

Barbosa - Não sei por que eles acham que eu sou homofóbico, porque eles viram que eu estava no mesmo lugar que eles, uma balada GLS. Qual o motivo de mentirem? Eu e meu amigo estávamos no Sonique Bar, meu amigo paquerou uma menina que não correspondeu à paquera. Ao sairmos do bar, na porta deste, encontramos novamente com as meninas e os rapazes, houve um certo conflito verbal; em seguida eu e meu amigo fomos para o posto de gasolina; em seguida chega ao posto os dois rapazes que nos acusam de agressão; daí surge novo bate-boca e sou agredido pelo "careca" que levanta a mão parecendo que ia me agredir e diz as palavras que acima me referi.


G1 - Por que não se apresentou antes à polícia para esclarecer o assunto?

Barbosa - Só fiquei sabendo de toda essa confusão quando meu amigo me avisou que estava na mídia e que estavam acusando a gente. Aí entrei em contato com um amigo advogado, que entrou em contato com a delegacia marcando a data para minha apresentação.


G1 - Você se considera violento?

Barbosa - Ao contrário. Sou muito calmo, sou surfista, moro na praia, paz e amor, gosto da natureza, tanto que não tenho nenhum histórico de briga antes, nunca briguei na vida!


G1 - Policiais informaram que você já foi acusado de lesão corporal num acidente de trânsito e de ameaçar uma ex-namorada. O que realmente aconteceu?

Barbosa - Não faço ideia de nenhuma dessas acusações, e hoje liguei para minha ex-namorada e perguntei se ela tinha feito algum BO contra mim. Ela me respondeu que jamais, agora acidente já caí de moto, bati carro, mas só quebrou o para-choque do carro.


G1 - O que você pretende fazer daqui para frente?

Barbosa - Quero poder voltar a trabalhar e ter minha vida normal novamente, pois minha família está muito abalada e paramos a vida por causa disso, esse assunto não só me afetou, como afetou toda a minha família. Quero também que eles sejam honestos e digam a verdade para o delegado e se for o caso para o juiz; porque para o delegado e o juiz eles podem mentir, mas para Deus não, pois eles sabem que não teve homofobia, apenas um revide meu de uma ofensa, perdi a cabeça e dei um tapa no tal de Marcos Villa, somente isso, tenho testemunhas disso que estou falando.


G1 - O que você gostaria de dizer à população que acompanhou o caso pela imprensa?

Barbosa - Que não sou homofóbico, não tenho nada contra homossexuais. Quem é "heterofóbico" é o Marcos Villa, ele é que teve a intenção de atingir minha opção heterossexual.


G1 - Se arrepende de algo que fez?

Barbosa - Sim, se soubesse que ía dar esse rolo todo, eles podiam me agredir à vontade que eu não ía revidar nem dar bola para o que eles diziam.


G1 - O que você gostaria de dizer ao casal gay que o acusa de homofobia?

Barbosa - Que não sou homofóbico, não tenho nada contra gay, que mentira tem perna curta, e para quê tanto ódio no coração? Se eu errei eles, erraram também. Que tal nos perdoarmos?

Fonte: G1

José Reyes, atleta de beisebol, tá pelado!

Bananas Dicas: Não faça Guerra, faça Amor!

Mais sobre o Pesadelo do Ex-BBB Dr. Marcelo

Após trocar ofensas com o ex-BBB Serginho pelo Twitter, o também ex-participante do “Big Brother Brasil” Marcelo Arantes usou sua página no microblog para rebater as acusações e esclarecer a briga virtual.

“Sobre eventos relacionados por veículos da mídia atrelando meu nome a Geisy Arruda, Sérgio Orgástico e Mulher-Maçã: Em momento algum, afirmei que um dos citados é dependente químico de drogas, até porque sequer os conheço, e não recebi valores para diagnosticá-los. Relatei um episódio onírico no Twitter e nomes foram associadas ao mesmo por livre associação de ideias, sobre a qual não se tem controle.”

A nota de esclarecimento continua: “Repudio veementemente as acusações do Sr. Sérgio Orgástico, questionando minha integridade profissional e reitero que no Twitter não estou autorizado a exercer a Medicina, fazendo-me, assim, neste âmbito, pessoa física e não jurídica. Repudio, ainda, o oportunismo e a imaginação deste Sr. Sérgio Orgástico em atribuir a si tal episódio onírico, tendo vindo a público nesta quarta, em programa da Rede TV, denegrir minha imagem, como fizera no Twitter, anteriormente. É lamentável que este Sr. ocupe seu tempo em querer aparecer às custas de um profissional de conduta ilibada no cenário de saúde mental do Rio. E por fim, peço desculpas à população e principalmente a pacientes pelo constrangimento ao qual foram submetidos neste episódio deplorável.”



Após luto por 'Esteve Jobs', Mulher Maçã agora quer processar ex-BBB
Depois de chorar a morte de "Esteve Jobs", Grace Kelly, a Mulher Maçã, superou o luto e agora diz que está revoltada com o Dr.Marcelo. Segundo ela, o ex-BBB - que vive arrumando polêmica no Twitter - teria dito que ela e o ex-BBB Serginho seriam usuários de drogas, o que Marcelo já negou.

A assessoria de Maçã enviou para a redação do EGO mais um incrível comunicado, no qual afirma que Maçã fará um exame para provar que não usa drogas e entrará com um processo contra o Dr. Marcelo.

Confira o comunicado na íntegra:
"Na manhã desta quinta-feira (20) Gracy Kelly Mulher Maça ficou indignada com declarações feitas pelo ex-bbb Dr Marcelo a funkeira teria ficado brava ao ve comentarios sobre dependente quimicos e o que ela teria a ve com essa hostoria e pq essa pessoa que ela nem conhece colocou seu nome nessa briga de ex-bbbs Gracy Kelly que recente foi coroada rainha de bateria da unidos de vila santa tereza fará exames anti-drogas e provará que não usa nenhum tipo de droga e ja esta passando para seu advogado onde entrará com processo contra Marcelo".

O piloto Helio Castro Neves está Nu

Bananas Dicas: Se for lutar, não use golpes baixos!

Capa da Revista Trip estampa Beijo Gay


E o que é esse fio terra atrás hein?

Rihanna - We Found Love

Rihanna lançou, nesta quarta-feira, 19, o videoclipe da música "We Found Love", primeiro single do álbum "Talk That Talk", que deve ser lançado no dia 21 de novembro. No clipe, ela contracena com o modelo Dudley O´Shaughnessy.

Prefere Bombado ou Obeso ?


Personal trainer fica obeso para entender o que um gordo sente

Ex-BBB Serginho Orgastic diz que vai processar Dr. Marcelo após "ofensas"

Os ex-BBBs Serginho e Marcelo Arantes estão com os ânimos exaltados. Após contar sobre um sonho que teve nesta segunda-feira, 17, no Twitter, Marcelo deu a entender que o personagem citado se tratava de Serginho.

"Antes que dê meia-noite vou contar uma historinha... Tive um sonho hoje. Sonhei que estava sendo atacado por uma coisa dismorfe sem sexo definido. Foi um sonho estranho... Eu havia visto aquilo num programa de TV tentando fazer as pessoas rirem, mas as pessoas na verdade tinham DÓ. Eu até tentei ajudar aquela alma, mas ficou insustentável quando sugeri que colocasse silicone pra combinar com a franja e ela.. APELOU. Ela ameaçava me processar por isso, e eu não entendia..."

Ele continuou: "Foi então que me levantei e disse de uma vez: Primeiro: gordo não é xingamento. Nem que eu fosse gordo, seria melhor que ser magro às custas de tóxicos. Segundo: compra um espelho e pare de se achar a patricinha drogada. Todo mundo ri disto. Vc deveria me agradecer. Aliás, vou mandar a conta.Terceiro: Coloca logo peitinho, menina! Vai super combinar com as unhas e a franja! A fama acabou, então vc pode faturar na rua. Quarto: Vc acredita mesmo q tem fãs? Pois está determinado a partir de agora q todos eles terão filhos como vc. Vamos povoar o submundo.Quinto: seu pai MORRE de vergonha de vc. Aliás... A família inteira, mas escondem. Você pode cheirar 3kg de cocaína que isso não vai mudar.Sexto: misturar ambivalência sexual com abuso de substâncias pode levar à morte. Taí Michael Jackson que não me deixa mentir. Trate-se já. Foi então que eu ia dizer o novo conselho, mas o tempo de consulta acabou. E eu acordei. ERA UM SONHO", escreveu Marcelo.

Em seu microblog, Serginho respondeu às possíveis ofensas: "@dr_marcelo Lave a boca antes de falar de mim. Além de ter um corpo deformado de gorda, é uma bixa velha recalcada. - Disgusting. Além de um pseudo-profissional frustrado e ex- bbb xacota, esse @dr_marcelo acha que é alguém para fazer piadinha comigo. Pobre maricona. kkk. Tenho nojo de drogas. Graças a Deus. - É bom você saber o que esta falando, pois vou entrar com um processo contra você. Seja mais ético, e tenha argumentos verdadeiros, do que inventar algo. Você vai se prejudicar muito com isso. - Aguarde".

A briga não parou por aí, após ler as mensagens do ex-BBB, Marcelo fez piada com a situação. "As pessoas deveriam se levar menos a sério no Twitter e mais a sério na vida real. Acho que vou lançar uma campanha anti-drogas, o q acham? Como as pessoas são criativas, né? Já atribuíram o sonho de ontem ao Serginho Orgástico. GENTE! FOI SONHO, NÃO FOI PESADELO! Só o que me faltava! Estou sendo ameaçado de processo PORQUE SONHEI E CONTEI NO TWITTER. Me abraça, @rafinhabastos", escreveu ele, fazendo referência ao processo que a cantora Wanessa move contra o humorista.


O pesadelo foi mais ou menos assim?



Vestiu a carapuça...