Páginas

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

André Bankoff tá Nu em Ensaio

André Bankoff tá pelado! Será que dá pra abaixar mais um pouco produção?

Novo namorado de Geisy Arruda já posou nu e trabalhou com Ana Maria Braga

Marcos Ferraz, que tem aparecido na mídia como o novo namorado de Geisy Arruda, já posou pelado na G Magazine.

As fotos foram feitas na edição de número 10 da revista.

Na época, Marcos era assistente de palco de Ana Maria Braga, quando ela trabalhava na Record.

Mas depois foi substituído pelo Louro José...

Tadinho!

Fonte: Fabiola Reipert

Kayky Brito sarado e sem camisa na praia

Vídeo de ator acusando diretor de fazer “teste do sofá” causa terror na Globo

O vídeo de Nil Gomes acusando Dennis Carvalho de ter feito o "teste do sofá" com ele com a promessa de colocá-lo na novela Insensato Coração está dando o que falar na Globo.

O ator gaúcho afirma ainda que tem provas contra Dennis...

O clima é de terror, pois tem gente morrendo de medo que isso vire moda!

Tem diretor e até autor da Globo apavorados... Teve gente que até já começou a tomar suas providências...

Imagine se outros atores começarem a abrir a boca...

Que bafão!

Fonte: Fabiola Reipert

Mark Salling dormindo no colinho do Chord Overstreet

Ownnn...

Atores Americanos não tem medo de boatos... Já os Brasileiros preferem ter fama de pegador do que de viado...

Agasalho para seu Pênis !

Que tal agasalhar o Croquete ?
For the gym, outdoor sports or everyday adventure, the K’mando sport pouch provides active men with a soft, snug fit for comfort and protection. Stretch-knit construction adapts to every physique. Under sports clothes or jeans, K’mando’s cushioned design lifts and supports. Experience ultimate comfort, K’mando style. Made in the U.S.A.

3 Saradões lavando a roupa e outras coisas na Lavanderia...

Daria uma cutucada nele no Facebook ?

Nenhum desafio de rede social é grande demais para Julian Cole, um estrategista de mídias que garantiu que se mais de 500 pessoas curtissem sua página ele tatuaria 'Facebook' no bumbum e colocaria um vídeo do processo no Youtube. Ele acabou com uma tatuagem semi-permanente, mas ainda sim bem estranha.

Daniel Craig dando uma pegada no seu pacote

Big Brother Brasil não achou Gay não Afeminado e escolhe BBB "Normais"

Globo quer pessoas "normais" no "BBB 12
"Nada de transexual ou "drag queen". A produção do "Big Brother Brasil 12", da Globo, está fugindo dos perfis menos convencionais na escalação do programa, que estreará em janeiro.

A aposta é em candidatos semelhantes aos das primeiras edições do reality: mulheres gostosas, homens sarados e gente com pegada na comédia. Pelo menos são esses os perfis dos 150 selecionados para mais uma rodada de entrevistas, na semana que vem.

A ideia é que os participantes aparentem ser "normais", mas tenham histórias surpreendentes.

À coluna Boninho disse que a casa do "BBB" mudará pouco na reforma. A jacuzzi, por exemplo, foi trocada de lugar.


Novos Participantes do BBB 12 já foram escolhidos!Foi batido o martelo. Os novos moradores do “BBB” já foram escolhidos por Boninho. Entre os 50 que passaram pela cadeira elétrica, mês passado, 16 foram selecionados para a atração que estreia dia 10 de janeiro. Sem saber que foram escolhidos, os sortudos passam agora por uma bateria de exames clínicos, e só serão avisados oficialmente da escolha no dia 2.
O gay assumido e sem pinta não foi encontrado (está em falta no mercado?), mas candidato a soltar a franga não vão faltar na 12 edição, assim como as gostosas siliconadas e um perfil de um macho alfa. Como sempre, a produção acabou priorizando pessoas com histórias fortes de vida ou polêmicas.

Fonte: Folha/Extra

Quem não gostaria de assinar a camiseta de Jared Padalecki ?

Nova Modalidade de Beijo - Chupa Língua !

Evaristo Costa dá a Previsão do Tempo para todo País


Bebê Gay - Gay Baby

E se os pais soubessem que o filho seria gay antes dele nascer?

Projeto que criminaliza homofobia provoca bate-boca no Senado

A discussão do projeto de lei que criminaliza a homofobia provocou bate-boca nesta quinta-feira (8) na Comissão de Direitos Humanos do Senado. O plenário da comissão estava lotado de pessoas contra e a favor da proposta.

Durante a reunião, a senadora Marinor Brito (PSOL-PA), que já discutiu com o deputado Jair Bolsonaro por conta do projeto, bateu boca com um integrante de grupo religioso. A senadora alegou ter sido xingada e, no microfone, gritou: "Você me respeite. Eu quero pedir à segurança que tire aquele cidadão dali".

Em seguida, um homem fez sinal de que Marinor estava louca e ela gritou: "Eu não tenho problema mental. Se você tem, tem um consultório médico aqui."

Depois disso, uma gritaria se instalou na comissão e o presidente da CDH, senador Paulo Paim (PT-RS), precisou apertou a campainha e desligar o microfone da senadora Marinor Brito.

Em meio a manifestações, gritarias e bate-boca, a relatora do projeto, senadora Marta Suplicy (PT-SP), anunciou o adiamento da votação para reexame do projeto.

De acordo com Marta, a matéria ainda não é consenso entre os senadores e os diversos segmentos da sociedade envolvidos. Para ela, é necessário uma “busca de maior entendimento”.

Depois do fim da sessão, a senadora admitiu que pediu o reexame por temer a rejeição da proposta pelos colegas. "[a votação] Estava empatado, portanto poderia ser aprovado ou não. Achei que por segurança deveria pedir reexame".

Em seu pronunciamento, Marta disse que “não se constrói uma sociedade com intolerância de nenhum lado” e que o projeto provavelmente não vai acabar com a homofobia no país, “assim como o racismo não acabou, mas vai ajudar”.

A senadora disse ainda que o texto vai apenar todos os comportamentos violentos, de qualquer natureza. As agressões aos gays constituirá crime, destaca Marta: “O policial que dá de ombros não poderá mais dar de ombros. O policial vai ter que agir”.
O senador Magno Malta (PR-ES) chegou a ser vaiado ao dizer que o Brasil “não é um país homofóbico”.

Para Magno Malta, o projeto não será votado: “O PLC 122, jamais votaremos”, disse o senador, que defende um projeto de lei a respeito da “intolerância” contra todos os tipos de preconceito e não apenas uma lei que expõe apenas a homofobia como crime.

“Agora é um momento de construir um texto que verse sobre intolerância, um texto que ninguém possa sofrer intolerância. A nação não é homofóbica”, concluiu o senador.

FOnte: G1

Bananas is My Business te deseja um Bom Dia!

Add no Myspace?

Mission: Impossible - Ghost Protocol’ - Open The Door!

Tiozinho de regata, ainda tá podendo...

Video: Zac Efron só de Cueca

At 2:30