Páginas

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Chace Crawford, de Gossip Girl, tá sem camisa em Cabo San Lucas

Como fazer uma Espanhola se você não tem seios a disposição

Agora os seus amigos heteros não precisam passar mais vontade.

O desenho no bumbum é apenas para simular os mamilos. E não esqueça de depilar, pois queremos tudo com a maior realidade possível.
Última coisinha, o desenho pede para que seu amigo mire bem o alvo, para não haver nenhuma penetração, e a espanhola seja perfeita!

Cape Town é um bom lugar para visitar

Szechenyi Bath em Budapest pode ser um lugar interessante...

Nas ruas de Londres você pode encontrar algum volume também

Escondendo o Pênis no bolso do Amigo...

Video: Filho assume que é Gay para Mãe

Jogador é expulso por deixar adversário de cueca

Quanta injustiça com uma boa ação!

Video - Neymar ensina como faz o seu famoso moicano



Álbum de Lady Gaga é o 'mais pretensioso da história' para revista

O álbum "Born This Way", de Lady Gaga, foi nomeado o mais pretensioso da história da música pela revista "NME", uma das publicações mais respeitadas pela crítica especializada.
Logo depois, a cantora respondeu via Twitter e ironizou a nomeação: "Ah, a ironia de ganhar 'Álbum Mais Pretensioso da História' de ninguém menos que a NME. *olhos se revirando* Eu posso rir para sempre e depois voltar ao meu narcissismo."
Entre os outros discos que entraram na lista estão "Neither Fish Nor Flesh", de Terence Trent D'Arby, "Lulu", de Lou Reed e Metallica e "Metal Machine Music", também do Lou Reed.

Fonte: Globo

Ricardo, não case, o Jorjão te ama!

Daniel Radcliffe é garoto-propaganda de projeto para prevenir suicídio de gays

Daniel aparece no vídeo para incentivar os LGBT a ligarem para o Trevor Project dizendo que “acredito que buscar ajuda é a coisa mais corajosa que uma pessoa pode fazer. Se você está lutando e precisa de apoio, ligue para o The Trevor Lifeline”. Ele lembra que o serviço de atendimento feito por profissionais treinados é totalmente gratuito e confidencial.



Fonte: Uol

Consolos e Vibradores podem dar uma boa obra de arte

Saint Petersburg aprova lei que criminaliza o movimento gay

Segundo os defensores do projeto, a causa gay seria propaganda da Sodoma, lesbianismo e pedofiliaNo final do ano de 1917, Vladimir Lênin assumia o poder na Rússia. Saint Petersburg foi palco das Revoluções de Fevereiro e Outubro que derrubaram, finalmente, uma monarquia que se perdurava por décadas. A utopia comunista aproximava-se, mas o que os russos viveram foram anos de repressão e letargia sob o rigoroso regime de Josef Stálin. Foi só nos 1990, com a queda do chamado socialismo real, que o país abriu às portas para o mundo que girava, distante, ao seu redor. Atualmente, a cosmopolita Saint Petersburg é a capital cultural da Rússia e a mais importante do país, depois de Moscou.


Entretanto, o conservadorismo político da dupla Medvedev/Putin e sua trupe, às vezes remete o país aos repressivos anos de Stálin. A última terça-feira, (22), foi um dia decisivo no Marie Palace, a assembléia legislativa da cidade. Nos interiores do belíssimo palácio neoclássico, foi aprovado um projeto de lei que mudará os rumos da militância homossexual na cidade. A lei visa criminalizar qualquer apologia ao ideal "gay", considerado propaganda da "sodoma, lesbianismo, bissexualismo, trans sexualismo e pedofilia à minorias". É quase que inacreditável tamanho preconceito e misantropia do projeto, mas tratando-se do "Tea Party" de Vladmir Putin, ja era de se esperar que as três fases da tramitação fossem aprovadas. E não houve protesto que os impediu.


"Sou gay. Sou uma pessoa. Não sou uma propaganda", anunciavam cartazes agitados no "Fórum da Rússia e Países Nórdicos". "Eu sou lésbica, não tenha medo de mim!" ouvia-se pelos arredores do Marie. Infelizmente não houve burburinho que impediu os defensores do projeto. A causa teve repercussão internacional, inclusive no Brasil. O "All Out" convocou assinaturas para um abaixo assinado cuja proposta é recusar-se a visitar a cidade caso a lei fosse aprovada, gerando prejuízo ao setor turístico. Mesmo com a aprovação, ainda vale abraçar a causa.


Em Moscou, a posição contra o orgulho gay acontecia antes mesmo da primeira versão da famigerada lei. De acordo com uma pesquisa realizada em 2005, 43,5% dos russos apoiam a criminalização de atos homossexuais. Não é um número pequeno. Hoje, a cidade considera adotar uma atitude similar à "irmã" sobre a censura gay. Segundo o russo e ativista gay Nikolai Alekseev, a posição russa indiferente ao ocidente tornaria inútil qualquer petição vinda do outro lado do meridiano. Stálin orgulharia-se.

Assine a petição acessando o site do All Out. Veja também o vídeo da campanha:



Fonte: Uol

Video: Narcisa leva um tombo no palco do programa Muito +

Big Bulge - Chris Brown

Cláudio Heirinch sem camisa na praia