Páginas

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Thiago Martins, Bruno Gissoni, Daniel Rocha e Emiliano D´ávila sem camisa na piscina

Zac Efron sem camisa fazendo tatuagem

Tatuador tbm pode ser uma booa profissão...

Ciclista interessante...

O corpitcho do Nadador Bruno Fratus

Bruno Gagliasso pagando um micro-cofrinho

Shakira - Addicted To You



Shakira, 35, mostrou toda a sua sensualidade no clipe da música "Addicted To You". A cantora colombiana, que atualmente está namorando Gerard Piqué, zagueiro do Barcelona FC, mostrou todas as suas curvas em diferentes cenas. De acordo com o "Mail Online", o vídeo foi dirigido por Anthony Mandler.

No Twitter, a cantora comentou o lançamento do vídeo. "Estou feliz que vocês estejam empolgados com o vídeo de 'Addicted To You', eu também estou!". As filmagens foram realizadas em Valencia, Califórnia.

Jogador Neymar só de Cueca na cama

Lance Bass gasta US$20 mil para comemorar aniversário com amigos e namorado no Caribe

Lance Bass, ex-'N Sync, não economizou para comemorar seu aniversário de 33 anos, no último fim de semana. O músico levou o namorado e mais 10 amigos para um resort de luxo para uma semana inteira de festinhas regadas a álcool. O custo, apurado pelo TMZ, foi US$ 20 mil (equivalentes a R$ 38 mil). Nos gastos, além das diárias e bebidas, estariam o aluguel de jet ski para todos e entradas na boate mais badalada da cidade.


Homofobia pode revelar homossexualidade

Pode sair, todo mundo já te viu aí.
Lembra quando o Thiago escreveu aqui no CIÊNCIA MALUCA sobre uma pesquisa antiga, publicada há mais de 15 anos, sobre a relação entre homofobia e homossexualidade? Então, recentemente, alguns psicólogos americanos resolveram revisitar essa teoria com novos estudos. E a conclusão foi exatamente a mesma: homofóbicos parecem sentir um desejo reprimido por pessoas do mesmo sexo.

O artigo descreve seis estudos com 784 estudantes universitários americanos e alemães. A primeira missão dos participantes foi classificar a própria orientação sexual numa escala de 1 a 10 (1 aos extremamente gays; 10 para os heterossexuais inquestionáveis). Na sequência, assistiram a uma exibição de fotos e palavras (tipo imagens de casais homossexuais ou palavras relacionadas a cada um dos dois grupos) e, na medida em que eram mostradas, precisavam encaixá-las o mais rápido possível na categoria apropriada (héteros ou gays).

Acontece que, antes de cada slide, aparecia na tela a palavra “eu” ou “outro”, por apenas 35 milissegundos (ou 0,035 segundos).Segundo os autores do estudo (eles escreveram um artigo para o New York Times), esse tempo foi suficiente para que os participantes conseguissem ver a palavra subliminarmente, mas curto demais para que pudessem vê-la conscientemente.

Aí entra a teoria (conhecida como associação semântica): se a palavra “eu” preceder imagens ou outras palavras que refletem a sua orientação sexual (um beijo entre homem e mulher, por exemplo, se você for hétero), fica mais fácil encaixá-la na categoria correta. Mas se você for gay e passar por essa mesma situação (foto de casal hetéro se amando + palavra “eu”), sua cabeça vai precisar de mais tempo para associá-la ao grupo correto.

E então as máscaras caíram. Mais de 20% daqueles que se descreveram como “muito macho”, com nota 10, tiveram resultados incoerentes. Ou seja, eles precisaram de mais tempo para classificar as figuras do mundo gay quando a palavra subliminar era “outro”. E eram eles também os mais ativos na luta contra a igualdade dos direitos homossexuais e com forte preconceito contra gays. É como se eles descontassem nos homossexuais toda a dor que sentem pelos desejos reprimidos, por não conseguirem sair do armário.E disso aí surge a homofobia.

Fonte: Superinteressante


Onde tá aquele pastor e o politico que a gente tá cansado de ouvir?




.

New York deve estar mais quente do que o Brasil nessa época do Ano.

Logo... deve estar ótimo para fazer turismo pela cidade!

Dr. Robert Rey exibe look "fashion sexy", implante pra pênis, barriguinha e compara barriguinha com Urso

Jogador aproveita confusão e mete a mão na mala do outro Jogador!

Ocorrências de homofobia em SP poderão ser registradas pela internet a partir deste mês

Por meio de sua a Coordenação de Políticas para a Diversidade Sexual e de sua Secretaria de Segurança Pública, o Governo do Estado de São Paulo vai implantar na segunda quinzena deste mês a delegacia virtual para vítimas de homofobia, que só pode ser usada se a ocorrência não envolver lesão corporal.

A iniciativa faz parte das comemorações do Dia Internacional de Combate à Homofobia, lembrado em 17 de maio. Segundo já esclareceu nas redes sociais a titular da Coordenação, Heloisa Alves, será possível denunciar pela internet crimes de calúnia, injúria e difamação.

“Portanto, agora é possível em casos de agressão verbal (injúria, calúnia, difamação, ameaça) com motivação homofóbica fazer um boletim de ocorrência eletrônico, via internet, sem necessidade de ir a delegacia para registrar o boletim.” As ocorrências que envolvem agressão física devem continuar sendo registradas nas delegacias físicas da Polícia Civil.

Fonte: Uol

Lady Gaga e Taylor Kinney resolveram terminar o namoro

De acordo com o site de revista "US Magazine", uma fonte próxima afirmou que a cantora, 26, e o ator, 30, que integra o elenco de "Vampire Diaries", "estão em fim de relacionamento".

"Ela estará em turnê sem parar até o próximo ano e descobriu que não pode ter a relação ao mesmo tempo", contou o informante que adiantou que Gaga focará na nova turnê, a "Born This Way Ball", em paralelo com a produção do terceiro disco. "Simplesmente não há espaço para mais nada. Seu trabalho é tudo o que a consome."

Para o amigo próximo, os dois não teriam tanta afinidade para um futuro casamento, apesar dos 10 meses de relacionamento. "Taylor é um ator típico, preocupado apenas consigo mesmo, e não entendia Gaga completamente. Ela achava que tinha conseguido esse cara que todo mundo achava que era um gato! Mas nunca ia durar", disse. Discreto, o casal raramente foi flagrado pela imprensa internacional ao longo do namoro.

Fonte: Quem

Britney Spears é acusada de agir como Diva; representantes negam

Os representantes de Britney Spears resolveram colocar um ponto final nos rumores de que a cantora teria tratado mal os membros da boy band britânica "The Wanted" nos bastidores de seu show. De acordo com o “Female First”, o assessor da princesa do pop desmentiu o fato. “Eles não foram maltratados quando abriram a turnê dela na Europa”.
Em uma entrevista concedida a uma rádio americana, Siva Kaneswaren, Tom Parker, Max George, Jay McGuiness e Nathan Sykes afirmaram que os agentes de Britney pediram para eles olharem para a parede enquanto a popstar se dirigia ao seu camarim após um show.

“O que eles disseram é falso. O mais interessante é o fato de eles terem acusado duas celebridades em menos de uma semana”, disse o assessor.

Além disso, o grupo também não livrou Christina Aguilera dos comentários. Na ocasião, eles falaram que cantora teria se recusado a cumprimentá-los nos bastidores do programa "The Voice".

Fonte: Quem