Páginas

domingo, 10 de junho de 2012

Pedro Andrade exibe abdômen sarado

Ex-BBB Rodrigão de cueca na grama

Magic Mike: Veja mais rapazes descamisados em novas fotos do filme



Torcedor croata invade campo e beija treinador na boca após vitória

Parada do Orgulho Gay! Que Orgulho?

Hoje foi dia da Parada do Orgulho Gay! Mas que Orgulho foi esse?

A Parada tá mais para uma micareta fora de época do que protesto ou algo do tipo. Gente quase pelada, gente fantasiada fazendo carão e querendo aparecer. Mas tem também aqueles que bebem até cair e os que foram apenas para fazer pegação...

E que mensagem passou para a sociedade com a passeata???



Concordo com a opinião que a Nanny People deu uma vez numa entrevista. Ela disse que qual orgulho seria esse? De um garoto que saiu do fim do mundo e vai para São Paulo escondido, pega todo mundo na Parada Micareta, e depois volta pra sua cidadezinha e entra dentro do seu armário freezer até o próximo ano. Ela já não vê tanta função social ou politica na Parada.

Se o Gay quer ser levado a sério, penso que a Parada deveria ser como foi a passeata de ontem das lésbicas, só com cartazes e sem palhaçadas de sunga, fantasias and quá quá quá!

Mas antes isso do que nada, não é? Mesmo não cumprindo com a função que deveria ter...


Poderia ser assim...

Enquanto isso na The Week.......

Olá, Soldadinho de Chumbo!

Tá se achando! Justin Bieber levanta a camisa e mostra o que não tem!



Como a Chayenne diz: "Franguim de Leiti!"

Cantor Christian Chávez na Parada Gay

Nadar faz bem!

Após levar alfinetada de Madonna, Lady Gaga diz que não quer ser rainha

Depois que Madonna incluiu a canção "Born This Way" no repertório da turnê MDNA 2012 e emendou com trechos da canção "She´s Not Me", que fala sobre uma garota que copia a popstar em tudo, Lady Gaga resolveu quebrar o silêncio durante um show na Nova Zelândia.

"Ninguém pode tirar o poder da música "Born This Way" porque ela tem a ver como que você é de verdade. Eu vejo pessoas de todas as idades cantando essa música. Eu não quero ser a rainha de vocês. Não quero ser rainha de ninguém. Só quero ser uma amiga", finalizou, no palco.

A cantora ainda emendou e disse que consegue tocar qualquer instrumento, além de "cantar de verdade em todas as suas músicas". A lembrar que Madonna já foi criticada por usar da ajuda de backing vocals para cantar trechos que ela não conseguia durante seus espetáculos.

Enquanto isso, na Turquia, Madonna resolveu entrar em mais uma polêmica. No último show em Istambul, a cantora se empolgou e mostrou o seio direito, para delírio da plateia.

Fonte: Globo

Os Gays acordaram tarde! Agora a tarde lotou a Parada Gay!

O que que tá pegando?

Veja vídeo -Lady Gaga é atingida por barra de ferro na cabeça durante show.

Lady Gaga cantava a música "Judah" durante seu show em Auckland, na Nova Zelândia, neste domingo, 10, quando foi atingida por uma barra de ferro na cabeça (assista ao vídeo publicado no site TMZ).

Apesar do susto, ela não parou de cantar e, mais tarde, disse para a multidão: "Quero me desculpar. Eu bati minha cabeça e acho que talvez tenha tido uma concussão. Mas não se preocupem, vou terminar este show". A cantora é dura na queda, né?

Fonte: Globo


Veja as fotos - Museu da Diversidade (O Museu Gay)

A cidade de São Paulo ganhou na manhã desta sexta-feira, 8 de junho, o Centro de Cultura, Memória e Estudos da Diversidade Sexual (CCDS), uma parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura de São Paulo que ocupa um espaço simbólico dentro da estação República do Metrô paulistano para dar visibilidade à diversidade sexual. O acervo do Museu da Diversidade é colaborativo e qualquer pessoa que tenha um material interessante sobre o tema pode contribuir.

A inauguração aproveitou a movimentação do 16º Mês do Orgulho LGBT de São Paulo e abriu as portas para receber exibição de filmes LGBT e exposição com as camisetas de todas as edições anteriores da Parada do Orgulho LGBT paulistana, algumas camisetas de iniciativas do interior do Estado e as selecionadas em 2011 na campanha “Homofobia Fora de Moda”, realizada em parceria com a Casa de Criadores e que já confirmou segunda edição neste ano.

“A pessoa pode participar da criação do Museu, não é um acervo fechado, recebemos até um repente LGBT nesta semana, nunca tinha visto, achei muito legal”, explica Nilton Paiva, coordenador do Centro de Cultura, destacando ainda que “o Metrô foi bárbaro com a gente, eles estão sendo muito receptivos”. Ele informa que quem quiser enviar o material para doação, ou expor seu trabalho, pode entrar em contato pelo e-mail centrodiversidadesexual@sp.gov.br.

O local ocupado ficava fechado na estação República até esta semana, quando ganhou projeto de design da Esquerda Comunicação e adesivos super descolados e coloridos da Guapo Gráfica. O espaço é simbólico, sendo que o Centro de Cultura em si ainda busca por um imóvel no centro paulistano para se instalar. Na República, o Museu fica aberto até o próximo dia 29, das 10h às 20h, com entrada gratuita.

Depois desta data, ele fecha temporariamente para mais ajustes e reabre prevendo já itinerância de exposições pelo Estado. “Em janeiro de 2013 queremos fazer uma exposição que seja anual sobre o Holocausto em parceria com a comunidade judaica”, adianta Nilton. Em meio ao burburinho da inauguração, a reportagem observou um transeunte olhando para o espaço e declarando que “é Adão e Eva, mano, que viado o que!”. Prova cabal da necessidade de uma ocupação como essa.

O Centro de Cultura é uma parceria entre Coordenadoria de Assuntos da Diversidade Sexual (Cads) de São Paulo, Coordenação de Políticas para a Diversidade Sexual da Secretaria de Justiça e Defesa da Cidadania, Casa de Criadores e Assessoria de Cultura para Gêneros e Etnias da Secretaria da Cultura paulista. Aqui embaixo você confere como ficou o espaço.

Fonte: Uol



Será que daqui 100 anos o Bananas is My Business vai virar peça de Museu?

De olho na eleição em SP, ex-BBB participa de Gay Day no Hopi Hari

Convidado ilustre para o Gay Day, realizado no parque de diversões Hopi Hari, em Vinhedo (SP), o ex-BBB Serginho chegou ao encontro na tarde deste sábado (9) vestido de preto e acompanhado de cinco amigos. Entre sorrisos e sinais de coração feitos para o público no local, ele adiantou que vai se candidatar a vereador pela cidade de São Paulo (SP).

"O convite foi feito pelo prefeito [Gilberto] Kassab", resume. O coordenador do Partido Social Democrático (PSD) em São Paulo, Walter Abrahão, confirmou a possibilidade ao G1. "Ele ficou de nos responder durante o período das convenções", explica.Serginho diz que sua inspiração política será o também ex-BBB e atualmente deputado federal, Jean Wyllys. “É uma pessoa incrível, tenho ele como base”.

Durante o passeio, o ex-BBB também revelou que prefere distância das atrações radicais. "Eu adoro parque de diversões, mas prefiro os brinquedos mais calmos", conta.

Fonte: G1





Você votaria?


Fotos: Parada Gay na Avenida Paulista tá um pouco vazia esse ano!