Páginas

domingo, 17 de junho de 2012

Ator Paulo Rocha fazendo Gay, sendo massageado por um Homem e ficando só de cueca!

O Bananas tá ficando chic! Agora temos Correspondente Internacional direto de Portugal!

Ele entrou em contato com o Bananas e ofereceu de mandar as novidades de Portugal.

Vamos começar com o ator Paulo Rocha, já conhecido no Brasil, lá ele fez uma novela em que era gay e o resto você vê logo abaixo...




Orgulho Macho - Pegar no saco do Amigo!


Rodrigo Faro travestido de mulher sendo agarrado por Homens Musculoso só de sunga

Chris Hemsworth só com a malha de surfista exibindo um certo voluminho

O Pau do Justin Bieber tá balançando dentro da calça de moleton

O pênis do Justin Bieber balançando e mostrando voluminho no moleton!

Volume do Chris Martin



Sugestão do Leitor:

Então tava vendo esse clip do coldplay dae tive de tirar esse print do
Chris Martin

Você você você quer? Você quer? Você quer meter? ME-TER?

Não assisto novela da Record porque tem muita putaria e palavrão, minha religião não permite!

A Record vai queimar no fogo do inferno por ficar mostrando cenas de sexo para a Família Sagrada Brasileira!

Como agarrar um bofe na porta da Geladeira!

Dançarinos baianos com roupa colada e sem cueca

Sugestão do Leitor:

Bananas, gostaria que vcs postassem este video no seu blog é muit bom, é de uma banda aki da bahia eles cantam um tipo de musica que aki nos chamamos Pagode, a banda se chama New Hit e participa de um programa chamado Universo Axé comandado por Alex Lopes, tanto os dançarinos como o cantor são gostosos e usam umas roupas bem coladas marcando bem o dote COMO NÃO ADORAR A BAHIA. :) beijos adoro seu blog.



Só faltou um pouco de volume não é?

O Brasil deveria aprender a protestar mais!

Revoltadinho em Cristo!

Quem não gosta das Guéis o que deve fazer?


Recebi isso nos coments:

Deem uma olhada nesse blog. É a coisa mais doentia que eu já vi. http://juliosevero.blogspot.com.br/
Por Felipe em Luan Santana exibe os seus músculos que com amor c... em 17/06/12



Olhei e perdi 5 minutos da minha vida que não volta nunca maaaais! uahauah

Esse povo cansa a minha beleza! Nos anos 90 tudo era culpa do macumbeiro, o diabo tava na macumba. Mas como isso tá na cultura e não tava surtindo muito efeito, resolveram pegar no pé dos Gays.

O Deus deles é tão humano e tem um preconceito incrível não é? Será o reflexo?

E ainda os colegas da Igreja dão parabéns para incrível luta e batalha...

Tem um amigo meu francês que tempos atrás estavamos conversando e ele disse que o Brasil é tão atrasado ainda em atitudes e pensamentos que não sabe como vamos receber Olimpíadas e a Copa. Disse que estamos desenvolvendo bastante o país, mas que ainda temos a mentalidade de país do Terceiro Mundo. As vezes eu concordo, basta dar uma olhada em Brasília com a sua bancada evangêlica...país laico...

Para aqueles que são contra os gays, DEITA NA BR

Qual o motivo dos Gays viverem ?



Clarice


Porque os Gays continuam vivendo?

Tenho 25 anos, sou de Joinville e ultimamente vivo em um inferno astral. O que me resta no momento é apenas a saúde, os meus sonhos e expectativas já não existem mais, não sei mais o que fazer, não tenho mais forças pra levantar novamente e tentar. Estou sempre tentando, caindo, levantando, tentando e sem resultados.

Profissional

Escolhi um curso pra fazer que eu curto a área prática, mas na faculdade é só teoria, acabei perdendo o tesão e me enrolando para terminar, agora estou terminando o curso e estágio, não sei o que vai ser depois. Tento concurso público sempre e pra tudo, mas sabe como é neh, mais fácil passar na USP para Medicina.
Lado Profissional - 0


Amor

Sou enrustido e até hoje não me envolvi com ninguém. Pq? Pq os que eu acho, primeiramente querem sexo e depois conhecer a pessoa pra saber se ama ela. Sem falar também que a maioria dos Gays vivem atrás de ter um relacionamento com gente que tenha biotipo de Modelo, se você tem corpo e uma beleza normal, o máximo que acontece é uma transa, para o gay não ter que se masturbar, depois é tchau e nunca mais!

Alguns itens que travam eu me relacionar com alguém:

- Por eu ser enrustido, não mostro ou me abro com qualquer um, até ter certeza que ele quer algo sério.

- Por ser enrustido, arrumar alguém discreto para relacionar.

- Corpo: a maioria dos gays são exigentes. Além do meu corpo ser normal, ele tem algumas estrias por eu ter emagrecido demais, então sinto um pouco de vergonha e insegurança por isso.

- Ter aparecido até hoje apenas pessoas que só sabe conversar com você sobre o sexo, mas não demonstra carinho e nem amor.

Total: Amor - 0


Família

Enquanto depender deles eu nunca posso me abrir e contrar que sou gay, pois não sei como ficaria o relacionamento. E o que eu sei também que nem adianta se abrir para os pais, pq a maioria vai ignorar o fato do filho ser gay, e continuar vivendo como se ele fosse hetero mesmo.

E eu vou ter família algum dia? Sou enrustido, então vai ser dificil casar com um Homem... E casar com uma Mulher também não rola, apesar de ser ativo, não iria conseguir deixar ele ereto, sei disso pq já tentei com uma prostituta aos 18 anos.

Ter filhos próprios? De que maneira? Barriga de aluguel é possível no Brasil? Adotar além de ser burocrático demais, ainda mais para um Gay, já vi vários casos que o adotado se revolta depois com o Pai adotivo por não ser o seu verdadeiro pai (já é dificil aguentar o seu próprio filho, imagina aguentar a ingratidão de alguém que não é seu).

Família - 5,5



Futuro

Não vejo muito futuro!

Trabalhar a vida inteira para se sustentar e acumular algo que quem vai herdar vai ser parentes e não a sua própria família.

Viver numa sociedade que não te aceita, e se te aceitar (falsamente) vai ter sempre piadinhas por trás. Tem que ter vocação para ser a Geni, Madalena pra levar pedradas do povo.

Viver a vida inteira atrás de um grande amor, ter que transar com vários antes para saber se te ama depois, e mesmo assim, talvez não encontre! (antes fosse ir atrás de vários para experimentar só o sapatinho de cristal)

Esconder a vida toda dos seus pais o que você realmente é! Podem até dizer o contrário, mas a realidade é que nenhum pai quer um filho gay, pois os filhos é como os seus troféus que servem para exibir com orgulho para os outros, e em uma sociedade machista... E mesmo que eles te aceite, vão viver ignorando isso.

Futuro - Sem muitas expectativas.


Então é isso Clarice, ando tão désolé ultimamente. Sem forças,expectativas, sonhos e vontade para nada.

Vivo apenas pq eu nasci, não me suicidei ainda pq sou um covarde. Graças a Deus!

Ter nascido me estragou a saúde!

Abraço a todos.

V. F.





Olá, leitor!


O que importa afinal, viver ou saber que se está vivendo?

Uma das coisas que aprendi é que se deve viver apesar de. Apesar de, se deve comer. Apesar de, se deve amar. Apesar de, se deve morrer. Inclusive muitas vezes é o próprio apesar de que nos empurra para a frente. Foi o apesar de que me deu uma angústia que insatisfeita foi a criadora de minha própria vida.

Tenho certeza de que no berço a minha primeira vontade foi a de pertencer. Por motivos que aqui não importam, eu de algum modo devia estar sentindo que não pertencia a nada e a ninguém. Nasci de graça.

Se no berço experimentei esta fome humana, ela continua a me acompanhar pela vida afora, como se fosse um destino. A ponto de meu coração se contrair de inveja e desejo quando vejo uma freira: ela pertence a Deus.

Exatamente porque é tão forte em mim a fome de me dar a algo ou a alguém, é que me tornei bastante arisca: tenho medo de revelar de quanto preciso e de como sou pobre. Sou, sim. Muito pobre. Só tenho um corpo e uma alma. E preciso de mais do que isso.
Com o tempo, sobretudo os últimos anos, perdi o jeito de ser gente. Não sei mais como se é. E uma espécie toda nova de "solidão de não pertencer" começou a me invadir como heras num muro.

Se meu desejo mais antigo é o de pertencer, por que então nunca fiz parte de clubes ou de associações? Porque não é isso que eu chamo de pertencer. O que eu queria, e não posso, é por exemplo que tudo o que me viesse de bom de dentro de mim eu pudesse dar àquilo que eu pertenço. Mesmo minhas alegrias, como são solitárias às vezes. E uma alegria solitária pode se tornar patética. É como ficar com um presente todo embrulhado em papel enfeitado de presente nas mãos - e não ter a quem dizer: tome, é seu, abra-o! Não querendo me ver em situações patéticas e, por uma espécie de contenção, evitando o tom de tragédia, raramente embrulho com papel de presente os meus sentimentos.

Pertencer não vem apenas de ser fraca e precisar unir-se a algo ou a alguém mais forte. Muitas vezes a vontade intensa de pertencer vem em mim de minha própria força - eu quero pertencer para que minha força não seja inútil e fortifique uma pessoa ou uma coisa.

Pertencer é viver. Experimentei-o com a sede de quem está no deserto e bebe sôfrego os últimos goles de água de um cantil. E depois a sede volta e é no deserto mesmo que caminho!


Mas existe um grande, o maior obstáculo para eu ir adiante: eu mesma. Tenho sido a maior dificuldade no meu caminho. E com enorme esforço que consigo me sobrepor a mim mesma. Sou um monte intransponível no meu próprio caminho. Mas às vezes por uma palavra tua ou por uma palavra lida, de repente tudo se esclarece.

E o que o ser humano mais aspira é tornar-se um ser humano.

Desejo força para você, é apenas uma nuvem negra que vai passar.
E em relação a vida de um Gay, ela não é nada fácil, mas a vida de um Hetero é uma falsa alegria também.
A história sempre se repete, apenas os personagens é que mudam...





Email - bananasbusiness@hotmail.com



.