Páginas

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Shayne Ward sensualizando Nu

Diego Hypólito de sunga na praia


A Gostosura e as Coxas de David Pocock

Lady Gaga xinga empregada e diz ser a Rainha do Universo no Tribunal

Lady Gaga está sendo processada por uma ex-funcionária, Jennifer O'Neill, que acusa a cantora de estar devendo US$ $380 mil (cerca de R$ 760 mil) por quase 8 mil horas extras trabalhadas. Segundo o "New York Post", em gravação de uma audiência realizada em agosto de 2012, Lady Gaga aparece xingando Jennifer. "Ela é uma rata filha da p*** que está me processando por algo que não merece. Ela pensa que é a rainha do universo. E, você sabe, ela não queria ser a escrava de uma, porque no meu trabalho e o que eu faço, eu sou a rainha do universo todos os dias", disparou.

A cantora se considera "maravilhosa" com todos que trabalham para ela. "Porque ela (Jennifer) dormiu em lençóis de algodão egípcio, em hotéis cinco estrelas, em aviões particulares, comendo caviar, se divertindo com Terry Richardson toda noite, vestindo minhas roupas, pedindo a Yves Saint Laurent sapatos grátis para ela sem minha permissão, usando meu desconto com YSL sem minha permissão", continuou Gaga, revoltadíssima, segundo o jornal.

A cantora admite que não paga horas extras aos seus funcionários, e que todos sabem disso ao entrar no emprego. Gaga também disse que Jennifer era uma péssima funcionária porque deixava a cantora carregar e desfazer suas próprias malas. "Ela só abria uma ou duas malas e isso era muito estressante para mim. Todo esse processo é uma grande m***". A cantora afirmou ainda que, se vencer a batalha judicial contra Jennifer, vai doar o dinheiro para os outros funcionários.

Fonte: Globo