Páginas

sexta-feira, 29 de março de 2013

Igor Rickli sem camisa exibindo o corpitcho


Video - James Franco fazendo um Boquete

#Ousadia

 #Arte



Fazendo a Clarice - Paixão de Cristo? Não, Paixão Gay!


Olá, Clarice


Tenho 27 anos, sou bancário, ativo, discreto e enrustido de Ribeirão Preto.

E estou cansado desse Mundo Gay, parece que simplesmente não tem amor, carinho paixão! A imagem que me passa que é um bando de cachorro que se encontra no meio da rua, cheira o rabo um do outro, trepa e vazam, como se fossem apenas escravos do tesão. Acabou o tesão, acabou o amor.

Por eu ser enrustido, discreto e querer algo sério também... eu seleciono e converso demais com a pessoa para ter certeza que ela não tá atrás só de transa, mas não adianta nada, pois a pessoa insiste o tempo que for necessário e quando consegue o que quer, pega e vaza.

A primeira vez que transei foi com um cara com uns 32 anos de idade. Conversei bastante com ele, a gente se viu pela cam e ele me chamou para ir na casa dele. Mas não fui pq não conhecia ele direito e fiquei enrolando ele por quase 1 mês, até quando ele começou a fazer um drama falando que só brinquei com os sentimentos dele... que ele tinha preparado tudo pra gente... ele é sempre um bobo e acredita nos outros e foi enganado e blá blá blá.... até que eu me senti mal e resolvi ir na casa dele.. Acabou rolando a transa, depois da transa ele ficou quieto e parece q meio sem graça, fui embora e dps disso ele sumiu.

Depois disso fiquei meio decepcionado e prometi pra mim que não iria mais envolver com gays. Pois a lenda urbana deveria ser verdade... eles só querem sexo.

Até que uma semana atrás viajei para Curitiba para fazer um curso, e lá tem um rapaz que eu já conhecia ao vivo antes, mas pela distância a gente ficou conversando mais de 5  anos pela internet, e ele sempre ficava com conversas de que me queria e tal. E eu lá no Hotel entrei na internet e ele já veio perguntar se eu estava lá, falei q sim e com isso ele já ficou todo animado.
Depois a noite eu sai com os amigos do trabalho, e ele me mandando msg pelo celular.... acabei falando onde eu estava, ele perguntou se poderia ir, não respondi nada, até que ele apareceu fazendo que era casual e sentou na mesa (além de mim, tinha um outro q ele conhecia, mas nem tinha tanta amizade assim), o povo é claro q achou estranho, mas ok.
E com isso tudo achei que ele estava afim mesmo, pois fez essa loucura por mim, até que fomos para um lugar conversar a sós e acabou rolando. E depois que rolou....ele também ficou meio sem graça e já querendo ir embora. Depois disso ele ficou fugindo de mim e não veio mais conversar comigo.

Eu não entendo essas pessoas, como que transa com alguém sem amar, sem gostar? Tá perdendo oportunidade então! Vai ser Garoto de Programa então que você ganha bastante e transa com um monte de gente sem precisar ficar com conversinha pra conquistar.

Esses caras insistiram tanto comigo só pra ter um cacete no rabo deles? Porra! Se fosse só por isso, era só ter falado que teria dado uma cenoura, pepino, mandioca pra enfiar no rabo deles! Depois quando tem homofobico não sabe pq, deve ser pq cansaram e tomaram nojo desses gays escrotos.

Engraçado q pela teoria seria para o Gay Passivo ser mais apaixonado e o Ativo menos ligado ao amor. Só que não! Ativo é o sexo frágil?

Desculpe-me, mas apenas estou cansado e decepcionado desses passivos com fogo no rabo e sem vergonha na cara.

Acho que o melhor é eu desistir de arrumar alguém e focar no meu futuro profissional para ter uma vida ótima. E sexo não vai fazer falta, pois ainda tenho uma mão e o Bananas Blog ;)




Olá

Caro leitor, esse negócio de sexo sem amor não é uma caracteristica própria dos gays, mas sim algo genuinamente da sexualidade masculina. Os homens heteros só não transam mais por que não tem uma demanda igual entre a necessidade deles e a vontade da mulher.

Mas acho falta de moral sim, insistir tanto com uma pessoa, mostrar que você tem um interesse enorme por ela e depois usar e cair fora.

E com esses que dá sem ver a quem, acaba acontecendo o velho tradicional fato: Passa a maior parte da vida transando com vários, achando que vai ficar jovem e gostoso eternamente, mas chega o dia que fica velho flácido sem ter construido nenhuma relação com alguém, e para suprir os seus desejos passa a pagar e sustentar boyzinhos. Apenas um saco de batata velho e vazio. Triste fim de Policarpo Quaresma.

"Fique de vez em quando , senão será submergido. Até o amor excessivo pode submergir uma pessoa."

"Mas enquanto eu tiver a mim, não estarei só"



Kellan Lutz exibindo o seu corpão nos bastidores


Agora é Tarde - Danilo Gentili entrevista Marco Feliciano

Danilo Gentili pegou leve demais com Marco Feliciano


"O senhor sabe que, se ao invés de entrevistá-lo, eu ficar apenas cagando na sua cabeça, amanhã eu vou ser o cara mais popular do Brasil".


Foi com essas palavras doces que Danilo Gentili recebeu o deputado e pastor Marco Feliciano em seu programa "Agora É Tarde", exibido pela Band nesta quinta-feira (28).
Foi também a senha para o que viria a seguir: uma conversa em fogo baixo, onde o apresentador deu amplo espaço para seu convidado falar barbaridades. Rebateu com pouca contestação e perguntas supostamente engraçadinhas, como "o que o senhor acha da calça saruel?"



Feliciano provavelmente esperava que fosse assim, caso contrário não teria aceito o convite. Foi sua segunda entrevista exclusiva para a Band em menos de uma semana: no domingo (24), falou com Sabrina Sato, do "Pânico".

Gostou tanto de sua performance que, terminado o "Agora É Tarde", correu às redes sociais para se gabar. O fato é que saiu do mesmo tamanho com que entrou: apesar do tom falsamente conciliador, não deve ter conseguido um único novo adepto.
O mesmo aconteceu com Gentili. O cara não é jornalista, é humorista - assim como o são quase todos os anfitriões de "talk shows" pelo mundo afora, com honrosas exceções. Mas, descontada a façanha de ter agendado o político brasileiro mais disputado dos últimos tempos, ele perdeu a oportunidade de fazer uma entrevista histórica.
Talvez Gentili tenha mesmo se acostumado a pegar leve com seus convivas. Seu programa estreou sem patrocinadores, em julho de 2011. Grandes anunciantes simplesmente queriam distância do rapaz: estavam com medo do veneno que ele tanto esbanjou em seus anos no "CQC".
Mas Gentili maneirou o tom, encontrou um estilo próprio e logo firmou o "Agora É Tarde" como uma boa opção para o fim de noite. Conseguiu patrocínio, audiência e até prêmios da crítica. Tornou-se uma espécie de Jô Soares mais jovem e antenado. Ainda assim, inconsequente e descartável.
Gentili deixou que o pastor atribuísse a Arnaldo Jabor uma piada que rola por aí desde os anos 60 (talvez há até mais tempo): aquela do "antigamente a homossexualidade era proibida, hoje é permitida, daqui a pouco será obrigatória". Jabor sequer repetiu essa bobagem, em momento algum.
É verdade que, em outros momentos, o apresentador deixou claro sua discordância das ideias medievais do presidente da CDH, e até deixou Feliciano constrangido ao perguntar o que ele acha de "transar na bunda".
Por outro lado, não exibiu o famoso vídeo em que o pastor pede a senha do cartão de um fiel (talvez porque Sabrina Sato já o tivesse feito?). Preferiu mostrar clipes antigos de religiosos em transe, ridículos porém inofensivos.
Lá pelo final, Danilo Gentili disse que frequentou uma igreja evangélica e que chegou a pensar em ser pastor, mas se afastou por causa da voracidade com que várias destas denominações avançam sobre o dinheiro de seus rebanhos. Podia ter explorado mais este raciocínio, mas não havia mais tempo.
A entrevista terminou no 0 x 0 - ou, vá lá, no 1 x 1. Feliciano não foi aplaudido pela plateia, mas certamente que agradou a seus fãs.
E Gentili poderia ter sido um pouco menos gentil. O humor colegial da conversa e as muitas bolas perdidas mostraram que ele ainda não está pronto para se sentar à mesa dos adultos.
Por Tony Goes

Patrick Schwarzenegger só de short e molhadinho em uma praia no Hawaii







Sexo Virtual? Não, apenas Simulador de Exame de Próstrata


Aguinaldo Silva detona Lady Gaga no dia do Aniversário dela



Um jornalista me ligou perguntando: se fosse convidado para o aniversário da Lady, que presente daria a ela? A resposta me saiu feito uma rajada de metralhadora:
“Qualquer disco da Madonna, pra ver se algum dia ela aprende como é que se faz!”
Se eu tenho alguma coisa contra a Gaga? Claro que não, imagine… Cada um ganha a vida como pode, e desde que passou a exercer a profissão de enganadora ela vem ganhando a vida muito bem. Mas como não se pode enganar tanta gente durante tanto tempo, acho bom que ela pense em ir morar em Buffalo, casar com um vendedor de carros usados, ter sete filhos lindos e ficar lá, a beber um belo de um Martini de vez em quando, e a ouvir os discos de… MADONNA! (Agonildo Salva)
P.S.: ah sim, esqueci. Esse negócio aqui tá devagar quase parando, não tá não? Já sei o que vocês querem: prêmios, brindes. Disco da Lady não, porque isso seria um castigo. Mas que tal a caixa com os DVDs de “Tenda dos Milagres”, a minissérie? O comentarista nº 100 deste post será o premiado. 
P.S. 2: a julgar pelos primeiros comentários já deu pra sentir que fanático é tudo igual, tanto faz se o fanatismo é pelo pastor Marcos Feliciano ou pela Lady Gaga…
P.S. 3: e se um desses fundamentalistas fanáticos pela Gaga for o comentarista número 100? Aí o prêmio vai mudar, em vez do DVD de Tenda dos Milagres será um vidrinho cheio de cocô da Lady Aloprada…

Lindsay Lohan faz a Ana Maria e passa por debaixo da mesa no Brasil

Lindsay Lohan se recusa a tirar fotos e se esconde debaixo da mesa do DJ


‘Ela não quis tirar foto com ninguém e ficou debaixo da mesa do DJ escondida. Tirei essa foto para vocês’, contou o ex-BBB Serginho no Twitter.