Páginas

segunda-feira, 1 de abril de 2013

Super Mega Mala Volumosa de Caco Ciocler


Contribuição do leitor

BBB 13 - André de cueca sensualizando em ensaio




















Amor à Vida: Mister Brasil será um dos amantes do vilão gay vivido por Mateus Solano em novela das nove


Conhecido pelo título de Mister Brasil e também pelos muitos ensaios como modelo para grifes internacionais, Lucas Malvacini fará sua estreia nas novelas em “Amor à Vida”, próxima trama das nove. Ele dará vida a um dos homens com que Félix, vilão interpretado por Mateus Solano, se relacionará. Apesar de casado com Edite (Bárbara Paz), o mau-caráter uma vida dupla e não assume sua homossexualidade.

Inicialmente, Lucas estará na novela numa participação especial nos primeiros capítulos, mas seu personagem pode voltar no decorrer da trama, que estreará em 20 de maio. O modelo conseguiu o papel por meio de testes e teve o desempenho bem avaliado pela Globo.
As primeiras gravações ocorreram na manhã desta quarta-feira (27).
 Fonte: Ig

 Será que ele fez laboratório?

Freddie Mercury levou Lady Di disfarçada de homem a bar gay


Freddie Mercury, líder do grupo britânico Queen morto em 1991, levou a princesa Diana disfarçada de homem a um bar gay muito conhecido em Londres. A revelação consta de passagem do livro de memórias da atriz Cleo Rocos, nascida no Rio de Janeiro e radicada na Grã-Bretanha, publicada neste domingo pelo jornal Sunday Times.
No livro The Power of Positive Drinking, a atriz conta como, na década de 1980, ela, Mercury e o ator Kenny Everett vestiram Lady Di com um casaco militar, um gorro e óculos de sol para uma noite no Royal Vauxhall Tavern, no sul de Londres.
"Quando entramos, sentíamos que a princesa Diana poderia ser reconhecida a qualquer momento. Mas as pessoas pareciam simplesmente ignorá-la. E ela amou isso", afirma Cleo Rocos. A presença de Mercury, Everett e Rocos teria desviado a atenção dos presentes, e Diana pôde pedir bebidas sem ser reconhecida. "Ela parecia um lindo jovem", acrescenta. 
Diana, ex-mulher do príncipe Charles e alvo favorito dos paparazzi, morreu em um acidente de carro em Paris, em 1997, precisamente quando estava sendo perseguida por fotógrafos. Freddie Mercury, apreciado pelo público por suas atuações cativantes no palco e por sucessos como Bohemian Rhapsody, morreu de Aids em 1991, aos 45 anos.
(Com agência France-Presse)

Lady Gaga usa cadeira de rodas de grife para passeio em Chicago

Ela não andaaa, ela desfila!


Dustin Hoffman ganha beijo de apresentador de TV durante gravação


Dustin Hoffman ganhou beijo na boca do apresentador de TV Mouloud Achour durante a gravação do programa francês "Le Grand Journal", do Canal Plus, na última quarta-feira, 27, em Paris, na França. O ator foi ao programa falar sobre sua primeira experiência como diretor no filme "Quartet".
Fonte: Globo
Fonte: Globo


Bolsonaro chama ministra de sapatona e diz que Plano LGBT é estímulo à pedofilia


O deputado federal Jair Bolsonaro fez um discurso bastante agressivo no plenário da Câmara. Com o plano nacional de Promoção, Cidadania e Direitos Humanos da população LGBT em mãos, Bolsonaro chamou a ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Eleonora Menicucci, de “sapatona” e disse que o governo da presidente Dilma não dá a mínima para a família. 

O líder do governo na Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia (PT-SP), classificou os ataques como "absolutamente desrespeitosos e covardes à presidente" Dilma Rousseff. Bolsonaro dizia, em seu discurso, que os protestos que pedem a saída do deputado Pastor Marco Feliciano (PSC-SP) da presidência da Comissão dos Direitos Humanos (CDH) é uma pressão feita por Dilma, que “não tem compromisso nenhum com a família”. Como “prova” de sua teoria, o deputado argumentou que se a presidente tivesse esse compromisso com a família não teria nomeado a ministra para o cargo, uma "sapatona”, segundo ele. "Essa mulher (Eleonora) representa a sua mãe, Dilma Rousseff, a minha não. E nem as mulheres brasileiras”, disse.

"Bolsonaro é um notório defensor da ditadura. Ele fez ataques absolutamente desrespeitosos e covardes à presidente, atacou a mãe dela, inclusive. Isso é de uma brutalidade, de uma covardia ímpar. Portanto, ele merece um lugar: o lixo", rebateu Chinaglia. "Não creio que alguém com uma sensibilidade mínima não tenha nojo disso", completou o petista. 

Ainda neste mesmo discurso, Bolsonaro disse que  o Plano Nacional de Promoção e Cidadania de Direitos Humanos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais é um “estímulo à pedofilia”.


Fonte: MixB.

Camisinha com sabor Bacon


Para atrair aqueles homens gordinhos que você quer na sua cama...

Feliciano diz que Comissão de Direitos Humanos da Câmara era comandada por Satanás e que Deus pediu a ele para não renunciar.

Deus lembrou do Satanás mas esqueceu dos corruptos?!?