Páginas

sexta-feira, 5 de abril de 2013

Jogador Fred só de sunga


Em defesa do pastor Marcos Feliciano, Perlla posta foto beijando o marido em rede social


Na contramão da campanha que diversos artistas e internautas têm feito nas redes sociais contra a permanência de Marcos Feliciano na Comissão de Direitos Humanos, a cantora Perlla publicou uma imagem em apoio ao pastor em seu perfil no Instagram.

Na foto, Perlla aparece beijando o marido, Cassio Castilhol, reforçando a ideia da família tradicional. "O pastor #Marcosfeliciano @marcosfeliciano #marcosfelicianomerepresenta .. #familia #projetodeDeus #uniao #amor", escreveu ela na rede social.

Nos últimos dias, diversos artistas já haviam se manifestanfo nas redes socias contra a manutenção do pastor no cargo. O ator Bruno Gagliasso postou uma imagem beijando o ator Matheus Nachtergaele. "Quanto menos você sabe mais você julga. #felicianonãomerepresenta", escreveu ele. A modelo Yasmin Brunet e a atriz Antonia Morais também protestaram postando foto de um selinho: "Amor não escolhe raça ou sexo. O amor é livre... Feliciano não nos representa", escreveram as duas, na legenda da foto que foi postada em seus perfis do Instagram.

 
 A cantora Aline Rosa engrossou o coro contra o pastor e publicou uma imagem dando um selinho na cantora Daniela Mercury- que recentemente assumiu um relacionamento com outra mulher. "Mais felicidade, menos Feliciano!", escreveu Aline.

A campanha "Feliciano não me representa" começou a se espalhar pelas redes sociais após a divulgação de declarações polêmicas do pastor. Desde que foi ndicado para assumir o cargo, Feliciano é alvo de protestos que o acusam de homofobia e racismo.

Fonte: Globo

Mister Brasil João Paulo Andrade de sunga


Jon Hamm - Mega Maludo Dotado Volumoso

Video - Bastidores do Filme Pornô Gay

Macarrão ou o Músculo do Rafael Cardoso?

Se você me encher de carboidrato, vai ter que fazer eu perder tudo depois! #ficadica


Alexandre Herchcovitch publica foto beijando outro homem


O estilista Alexandre Herchcovitch publicou em seu Instagram uma foto em que aparece beijando outro homem. "Esta foto é pra você, Daniela Mercury, que nos surpreendeu com a coragem de expor sua vida. Seu talento e carisma jamais serão diminuídos pelas suas escolhas. A partir de hoje você está sendo mais admirada e continua fazendo história neste país", escreveu.

Na quarta-feira (3), Daniela Mercury surpreendeu e causou burburinho nas redes sociais ao assumir seu relacionamento homoafetivo. Como manifestação de apoio, Antonia Morais e Yasmin Brunet publicaram uma foto dando um selinho, assim como Bruno Gagliasso e Mateus Nachtergaele.

Fonte: Quem

Ator Binho exibindo corpitcho


Alexandre Nero responde a fã e vira hit na web: "Você é homofóbica, sim"

Alexandre Nero viu seu nome tornar-se um dos assuntos mais comentados na web nesta quarta-feira (3). O ator de "Salve Jorge" fez uma postagem em que dizia: "Sou ator. Represento o Feliciano, mas ele não me representa".


Pouco depois, Alexandre recebeu o comentário de uma seguidora, identificada como Thais Sulzbach, que dizia, entre outras coisas, que queria ver "quando você estiver com seus filhos em um restaurante e tiver dois gays se beijando. Você vai conseguir aceitar normal e explicar aos teus filhos o quão normal isso é? Tenho vários amigos gay e os amo intensamente. Não sou homofóbica. Só não concordo com o casamento gay por lei (de papel passado), afirmou a seguiora.
"Oi, gostaria de dar a minha opinião, já que foi numa postagem minha, que você deu a sua.
Talvez isso tenha vindo pelos meios antigos de comunicação de massa (não sei. preciso pensar melhor sobre), mas sempre há uma maneira extremada da parte deles de falar sobre os acontecimentos. O sujeito é bom ou é mau, ela é santa ou p..., oito ou oitenta, e assim por diante. Quando pensamos termos como 'homofóbico', pensamos uma pessoa feia, malvada, de mau com a vida, que odeia a felicidade dos outros, burra, e todos os arquétipos e caricaturas banais de histórias infantis ruins. Preciso lhe dizer, que dentro do que compreendo, você é sim uma homofóbica, pois nada mais homofóbico do que ter medo (ver etimologia das palavras), de ver gays por aí beijando na boca e se amando. E não, você não é amiga de gays, ou se é, eu que não quero uma amiga assim, que não luta pelo amor de um amigo. Eu tenho amigos gays, e luto pelo que eles amam, e não o que eu amo", afirmo Alexandre.
"O que Feliciano está tentando fazer é manter o que eu ou você, em outras épocas, chamaríamos de normal. Lembra quando a mulher não podia votar? Vocês conquistaram. Lembra quando negros não podiam estudar? Eles conquistaram...depois de conquistar não serem vendidos como animais. Os gays merecem conquistar os que lhes é de direito. Nada mais do que isso. Acho isso tão, mas tão normal que fica difícil pra mim achar palavras pra lhe explicar. Eles somos nós, você não compreende isso? Como serão nossos filhos e famílias? Serão diferentes, assim como você é da sua bisavó, e sou do meu tataravô, graças a Deus (se Ele existir ;) Beijo, querida", completou.
Em pouco tempo, a resposta de Nero à seguidora recebeu mais de 6 mil likes no Instagram e mais de 2 mil comentários, em sua maioria elogiosos, além de diversos compartilhamentos do texto no Facebook.
  Fonte: Quem

Rap - I'M NOT GAY

Adogay!

Mart'nália e Thammy de um modo bem feMinino...

Documentário sobre o Noivo Gay que morreu

Cowboy Chace Crawford me ensine a tirar leite


Quando eu disse para o meu Cachorrinho que eu era Gay

Esse Garoto é Passiva !

Joelma e Daniela Mercury são as duas caras da cultura brasileira

As duas vêm da metade norte do país e fazem música com forte apelo popular. Esbanjam energia no palco, usam roupas provocantes e estão sempre sorridentes. No entanto, mesmo com tantas semelhanças, neste momento estão a anos-luz uma da outra.


Bem-vindos à versão brasileira da guerra cultural. O termo foi cunhado nos Estados Unidos nos anos 80 e descreve a divisão da sociedade em relação a assuntos como aborto, contracepção, drogas e homossexualidade (cultura aqui tem um sentido mais amplo, não se limitando apenas à arte e à educação).

De um lado, conservadores brandindo Bíblias e anunciando o fim dos tempos; do outro, liberais (no sentido americano) pregando o "liberou geral". A guerra cultural foi usada como arma pelos dois lados, e serviu para definir o resultado de inúmeras eleições por lá.

Mas não aqui no Brasil. Apesar das enormes diferenças sociais, aqui sempre nos orgulhamos de sermos um povo só. Além do mais, temas polêmicos eram rapidamente descartados do debate político: afinal, temos mais com que nos preocupar, como a miséria, a falta de infraestrutura e a corrupção.
Isto mudou de uns anos para cá. De uma hora para outra, liberação do aborto e aprovação do casamento gay se tornaram assuntos de campanha eleitoral. E o Brasil se revelou um país muito mais dividido do que se supunha antes.
A guerra cultural se instalou entre nós, e agora atinge também a cultura no sentido estrito.
Fonte: Folha

Rafinha Bastos x Hotel Mercure

Rafinha Bastos, 36, não engoliu o fora que levou no Twitter após fazer uma piada com a cantora Daniela Mercury, que assumiu relacionamento com uma mulher, o cantor Freddie Mercury e a rede de hotéis Mercure.

Pouco depois da postagem, o Twitter oficial da rede de hotéis se manifestou sobre o assunto.
"Rafinha Bastos, aqui respeitamos a diversidade", respondeu a conta, antes de mandar uma piscadinha de olho em forma de emoticon.
"Hotéis Mercure, parabéns pelo respeito a diversidade! Sensacional, escreveu em seu Facebook. "Agora saia do Twitter e venha resolver estes problemas apontados pelos hóspedes. Abraço."
O humorista colocou um link para o site "Reclame Aqui" e, em seguida, colou uma série de reclamações feitas por hóspedes do hotel --nenhuma relativa a desrespeito à diversidade.
A postagem teve mais de mil respostas. A maior parte delas foi criticando Rafinha por "não saber perder".
"Agora bem que o hotel Mercure podia pegar a lista de processos que você tem e comparar com essa lista que você postou, seria mais uma patada violenta", comentou um seguidor.
Outro postou um link de reclamações do bar Comedians, de onde Rafinha é sócio.
 Fonte: Folha

Feliciano vs Village People