Páginas

terça-feira, 23 de abril de 2013

Gregório Duvivier totalmente pelado


A imagem foi retirada do video do canal ''Portas dos Fundos'' é o ''Modelo Vivo''

Enviado por R.P.C

Mande seu flagra tbm para bananasbusiness@hotmail.com

Bananas Arts - Como fazer uma bela peça de Cerâmica


Harry Louis with Alexandre at Boho party Rio de Janeiro...


'Vou processar', diz jovem que afirma ter apanhado por ser bissexual

Um recepcionista de um hotel de Cascavel, no oeste do Paraná, afirmou que foi vítima de dois ataques homofóbicos no Terminal Urbano Leste, no intervalo de uma semana. Ao G1,  Maisson Dydimes Portes, de 19 anos, contou que é bissexual e que os rapazes o agrediram por esse motivo.

Ele garantiu que nunca havia visto os agressores. “Só sei o bairro onde eles moram. Nunca tinha visto”, complementou. Quando os suspeitos forem identificados, Portes pretende processá-los. “Assim que eu ficar sabendo quem são, nome e endereço, vai haver, sim, o processo”, disse. Até as 14h desta terça-feira (23) os rapazes ainda não haviam sido identificados pela Polícia Civil, que investiga o caso.




Segundo o jovem, o primeiro ataque aconteceu no sábado (13), também no Terminal Urbano Leste, quando um homem se aproximou e começou a xingá-lo. “Ele atirou um copo na lotação [ônibus] e quebrou o vidro. O motorista teve que parar o ônibus e eu desci. Ele desceu também e nós brigamos”, lembrou. Desta vez, Portes ficou com um arranhão no rosto.

No sábado (20), Portes voltava do trabalho por volta das 23h15 e, novamente, foi agredido pelo mesmo rapaz e outro amigo dele. “Eu desci do ônibus e estava ele e mais quatro amigos dele me aguardando. Eu passei e nem olhei, já para não ter motivo. Daí, ele me chamou para conversar e viu que eu não queria brigar. (...) Ele me xingou de novo e me agrediu”, assegurou. Os agressores bateram na vítima no rosto e nas costas.

Portes disse que pessoas que estava no local seguraram os agressores, que fugiram. Em seguida, a vítima registrou um Boletim de Ocorrência.
A vítima também contou que esta foi a primeira vez que as agressões se tornaram físicas. “De chegar a agressão física foi a primeira vez, mas verbal é frequente”, afirmou.

Fonte: G1








Tadinho...

Que quem fez isso, só receba o dobro de tudo o que causou!


Esquenta!

Sugestão do leitor

Jovem gay se joga de torre em Rondônia após ser rejeitado por família evangélica



Na última sexta (19), o jovem Saulo de Assis Lima, de 23 anos, se jogou do alto de uma torre de telefonia do bairro Liberdade, na cidade de Porto Velho. O jovem ficou por cerca de nove horas no alto da torre ameaçando se jogar. Mais de cinco caminhões do Corpo de Bombeiros foram enviados ao local para tentar resgatá-lo. Em vão. Às 16h o jovem se desvencilhou de um dos bombeiros que tentava salvá-lo e se atirou da torre. Após a queda de 70 metros de altura, Saulo morreu na hora. "Trabalhamos com todo o nosso aparato para cumprir nossa missão que é de resguardar vidas", afirmou o Coronel Caetano, comandante do corpo de bombeiros.

Momentos depois da morte de Saulo, Victoria Angelo Bacon, ex-professora do jovem, postou um texto no Facebook esclarecendo os motivos poderiam ter levado o rapaz a cometer suicídio. "Esse rapaz que se matou, Saulo, foi meu aluno aos 15 anos em 2005, que saudades, aluno simples, quieto, porém sempre perguntava a mim por que eu era tão grandona? A família dele o expulsou de casa por ser aidético e por ter sido homossexual...Certa vez na estrada de ferro Madeira Mamoré ele me disse (2012) que estava cansado de viver e que pedia todos os dias para que deus o levasse...A família dele evangélica não aceitou sua vida digo rotina e virou as costas para ele...Quem o ajudava era uma amiga que depois foi embora para Calama, algo assim, que consegui coletar...Descanse em paz Saulo...", escreveu a professora.

Abaixo você confere o vídeo do momento do suicídio. As imagens são fortes.


Fonte: Acapa



 Espero que a Familia e os Pastores Evangélicos estejam felizes e satisfeitos! É isso que Jesus ensinou não é? Tá mais para o demônio do que outra coisa... O que pregam? "A minha verdade e visão é a única que interessa, seja como eu ou você está com o Capeta no corpo!".

Agora quando esse casal estiver doente, espero que o Pastor cuidem deles.
 Quando eles precisarem de ajuda, que o Pastor o ajude.
Quando ficarem velhos, que o Pastor esteja ao lado ajudando no que precisarem.
Quando morrerem, que o Pastor carregue o caixão.

E eu me matar? Jamais! Eu me amo muito mais do que a merda que tá no pensamento dos outros. Se não gostam, eu vou incomodar e MUITO! Os Incomodados que se imcomodem!

Se até a Dercy enfrentou a Pomba Gira no Cemitério, pq eu não?
Vão tomar no Cuuuuuu! 



Era para ser Gay ou não? Comercial na Finlândia

Kingis Ice Gay Commercial from Tom Toddnick on Vimeo.

Igreja gay abre primeiro templo em São Paulo neste sábado

Neste sábado (27), São Paulo receberá a primeira sede da Igreja Cristã Contemporânea. Conhecida por apoiar a causa gay, a igreja vai inaugurar um templo com 700 metros quadrados no Tatuapé, na zona leste.


Fundada em 2006 no Rio de Janeiro pelo casal Fábio Inácio de Souza, 33, e Marcos Gladstone, 37, a igreja tem atualmente seis templos no Rio de Janeiro e um em Minas Gerais, que atuam com o slogan "Levando o amor de Deus a todos, sem preconceitos".

Segundo Inácio, aqui, a igreja terá cultos todos os domingos, às 19h. "Já vinhamos realizando cultos em um salão na Santa Cecília [região central] com, em média, 120 pessoas", diz ele, que é ex-pastor da Igreja Universal do Reino de Deus.
 

De acordo com os seus fundadores, a Igreja Cristã Contemporânea conta hoje com cerca de 1.800 membros em todo o país e o que a difere de outras congregações é aceitar a homossexualidade.

No Rio de Janeiro, a Igreja Cristã Contemporânea já enfrentou episódios como ter outdoors que defendiam o casamento gay vandalizados.


"De vez em quando tem isso, algumas pessoas que não gostam e que não consideram a gente uma igreja evangélica por conta da questão da homossexualidade", afirma Inácio. "Existe uma vertente que aceita e outra que não."

Na programação da sede paulistana devem constar eventos como a balada gospel, na qual bebidas alcoólicas são proibidas, encontros de solteiros, encontros de casais e grupos de apoio à adoção. "A gente apoia a questão da família, de adoção.

Eu e o meu companheiro temos dois filhos, um de nove e um de dez anos", conta Inácio.

 Igreja Cristã Contemporânea São Paulo - r. Platina, 190, Tatuapé, região leste, São Paulo, SP. Tel.: 0/xx/21 2224-3910. www.igrejacontemporanea.com.br

Fonte: Folha

Márcio Garcia só de sunga jogando na praia do Rio

Tadinha da Eva, acho que não foi dessa vez....

Jogador Fabio Braga sem camisa com Fred