quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

A cada 25 horas um LGBT é assassinado no Brasil ! Bahia é o Estado que mais mata Homossexual !

Fonte: G1

19 comentários:

  1. Acredito que os numeros sao bem maiores em alguns estados do que os publicados na pesquisa, a comecar pelo Espirito Santo. Digo isso pois ha uns dois anos atras, um colega meu foi assassinado apos marcar encontro com um cara pela internet, e pasmem, o delegado "evangelico" disse que era exgagero enquadrar o crime por motivacao homofobica.
    Detalhe: meu amigo estava de carro e o mesmo nao foi levado pelo assassino...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, q nem Roraima q magicamente não teve nenhum... Só se mataram todos, ou os q sobraram tão se escondendo.

      Excluir
  2. Já até imagino os comentários nesse site. É o pior site para se falar de homossexualidade. O povo desce o nível. Com certeza estão dizendo que a culpa é dos gays, foram os garotos de programa que matam os gays, que não tem pena, que matam mais heterossexuais, que é pecado, é uma abominação então é justificado

    ResponderExcluir
  3. Fujam para as colinas migas ! esse Brasil não há lei p nada!

    ResponderExcluir
  4. "Dos assassinatos: 173 gays, 144 trans e travestis e 10 lesbicas", acho que o povo do brasilzinho não é lesbofobico, é apenas gayfobico e transfobico. Outra coisa que me chama atenção é que os homens odeiam travestis mas as procuram em grande numero para sexo, ainda que pago, e gostam de serem os passivos com elas.

    ResponderExcluir
  5. Acho que este post terá poucos comentários, pois se existem as feministas de telao, existem os gays da internet, ou seja, so são gays aqui e em outros sites gays, mas no dia-a-dia são heteros com suas mulheres a tiracolo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parece que você acertou!

      Excluir
  6. Felizmente Catarinense, praticamente exterior.
    Agora falando sério. Chocada com os números no nordeste

    ResponderExcluir
  7. É nítido que nos estado que tem menor população a incidência de assassinatos também é menor.

    Acre
    Sata Catarina
    Espírito Santo
    Amapá
    Sergipe
    Ttocantins

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até parece... São menos notificados, isso sim.

      Excluir
  8. Cara, tem que ter muito cuidado com esses números. A motivação só pode ser homofobia e não roubo, discussão ou qualquer outra coisa que não tenha relação com preconceito. Eu desconfio desses números, o qur não torna a situação menos grave. Qual o sentido de haver crime de ódio da sexualidade entre um namorado e um gay?

    ResponderExcluir
  9. Socorroooooooo, sou baiano, vou fazer a Leona e fugir pra Paris.

    ResponderExcluir
  10. Na minha cidade/regiões vizinhas há muitos assassinatos de LGBT's e nunca vi um deles citado nessa lista. A realidade é muito pior que a mostrada nesse relatório.

    ResponderExcluir
  11. O maior foi SP, n? Tdo bem q a população é bem maior, mas n justifica matarem mais gays... E com ctz os números são maiores em alguns lugares, se não em todos...

    ResponderExcluir
  12. Provável que nem todos os casos sejam denunciados, os números reais devem ser ainda mais alarmantes.

    ResponderExcluir
  13. PARABÉNS PRA NÓS DA PARAIBA , SEM NENHUMA MORTE LGBT.

    ResponderExcluir
  14. Aguardem, vai piorar. O discurso de ódio tende a aumentar, estimulando as ocorrências. Não há nada no horizonte que indique o contrário...

    ResponderExcluir